Pastor batista diz que o “amor” homossexual é abençoado por Deus numa das maiores paradas do “orgulho” gay do mundo no Brasil

Julio Severo

Uma das maiores paradas do “orgulho” gay do mundo aconteceu em São Paulo, no domingo passado, mas sua maior surpresa não foi nudez e atos sexuais, que são rotina nesse evento homossexual.

A surpresa foi José Barbosa Júnior, um pastor batista progressista que fez o discurso de abertura na Parada Gay de São Paulo, sugerindo que a sodomia, ou sexo entre dois homens, é “amor.”

Deram-lhe apenas um minuto de fama, e ele usou esse minuto não para falar do amor de Jesus pelos pecadores, mas para exaltar o pecado homossexual como “amor.” Ele envergonhou o Evangelho para criar uma reputação para si.

Num vídeo que gravou seu discurso curtíssimo, ele disse:

Boa tarde, São Paulo.

Eu venho em nome do Movimento “Jesus Cura a Homofobia” pedir perdão à comunidade LGBT por todas as mazelas que a Igreja Evangélica fez com vocês durante todos estes anos.

Eu quero dizer, para deixar bem claro aqui, que Malafaia, Feliciano e tantos outros não representam todos os evangélicos do Brasil. Os evangélicos amam, sim. A gente tá aqui para falar que toda forma de amor é abençoada por Deus. Vocês podem sim se divertir e se amar, porque Deus está com vocês. A bancada evangélica é uma vergonha para o Evangelho e para todas as igrejas.

Então força, para todos vocês, por um Estado totalmente laico, sempre. Muito obrigado.

Você pode assistir a ele em suas próprias palavras na Parada Gay de São Paulo neste vídeo: https://youtu.be/ytsl6E9jouo

Se a sodomia, ou sexo entre dois homens, fosse normal e aprovada por Deus e Sua Palavra, o pastor batista estaria absolutamente certo e toda a comunidade evangélica deveria acolher sua reprimenda com contrição.

No entanto, a sodomia, ou sexo entre dois homens, é anormal e desaprovada por Deus e Sua Palavra. Aliás, Deus não chama isso de “amor.” Deus diz: “Não se deite com um homem como quem se deita com uma mulher; é repugnante.” (Levítico 18:22 NVI) Para Deus, o sexo entre dois homens é totalmente repugnante.

Então José Barbosa Júnior apresentou de forma deturpada Deus e Sua Palavra para pecadores homossexuais. Como explicar a inspiração dele para agir contra a Palavra de Deus? A Bíblia diz:

“O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. Tais ensinamentos vêm de homens hipócritas e mentirosos, que têm a consciência cauterizada.” (1 Timóteo 4:1-2 NVI)

Acerca do pastor batista, a Bíblia diz:

“Pois tais homens são falsos apóstolos, obreiros enganosos, fingindo-se apóstolos de Cristo. Isto não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz. Portanto, não é surpresa que os seus servos finjam que são servos da justiça. O fim deles será o que as suas ações merecem.” (2 Coríntios 11:11-15 NVI)

A Bíblia também diz:

“O que aconteceu com Sodoma e Gomorra e as cidades próximas é um exemplo para nós do castigo de fogo eterno. As pessoas dessas cidades sofreram o mesmo destino que o povo de Deus e os anjos sofreram, pois cometeram pecados sexuais e se engajaram em atividades homossexuais.” (Judas 1:7 GWV)

A maioria dos participantes da Parada Gay de São Paulo não sabia disso, e o pastor batista lhes negou a verdade. Jesus veio ao mundo não para exaltar o pecado, mas para libertar as pessoas do pecado.

Os organizadores homossexuais disseram que 3 milhões de pessoas participaram da 21ª parada anual do “orgulho” gay de São Paulo, mas as autoridades não se arriscaram a divulgar uma estimativa da multidão, pois em todos os eventos passados os números foram muito inchados.

O lema da parada neste ano foi: “Independente de nossas crenças, nenhuma religião é lei. Todos e todas por um Estado laico.”

A organizadora Claudia Regina disse: “Nossos principais inimigos hoje são os fundamentalistas religiosos.” Por religião, ela quis dizer só o Cristianismo, não as religiões afro-brasileiras, cuja representante, Daniela Mercury, cantora ganhadora do Grammy, fez uma apresentação na parada. Daniela, que é lésbica, tem sido a embaixadora da UNICEF para as crianças por mais de 20 anos.

Num evento homossexual na ONU em 2015, ela disse: “Não sou a Cinderela nem a Bela Adormecida…Sou uma rainha má. A rainha má da macumba” — termo ligado a uma religião afro-brasileira semelhante ao vodu. Em termos cristãos é feitiçaria brasileira. A homossexualidade é celebrada nas religiões afro-brasileiras e, ainda que detestem o Cristianismo, os ativistas homossexuais no Brasil gostam muito das religiões afro-brasileiras.

Em 2013, Daniela disse que os cristãos que se opõem ao “casamento” gay merecem cadeia, ainda que a própria mãe dela tenha também se oposto.

Adotando um tom político, homossexuais na Parada Gay de São Paulo levantaram cartazes que representavam o presidente americano Donald Trump e o presidente russo Vladimir Putin como “drag queens.”

Eles foram contra Putin porque ele tem lhes negado o bolo inteiro de privilégios homossexuais, principalmente com sua lei que proíbe a propaganda homossexual para crianças. Ele não lhes deu nenhuma fatia do bolo.

Eles foram contra Trump porque o presidente americano lhes deu só fatias, e eles não estão satisfeitos com isso. Eles querem o bolo inteiro!

Tanto Trump quanto Putin não entendem realidades espirituais. Mas aquele que deveria entender — o Pr. José Barbosa Júnior — se portou como cristão enganoso quando disse para a multidão de pecadores homossexuais: “A gente tá aqui para falar que toda forma de amor é abençoada por Deus. Vocês podem sim se divertir e se amar, porque Deus está com vocês.”

A Teologia da Missão Integral, que é a versão protestante da Teologia da Libertação, levou José Barbosa Júnior à perversão da Teologia Gay e a perverter o verdadeiro sentido do amor de Jesus.

Com informações da Associated Press, NBC News e Friday Fax.

Versão em inglês deste artigo: Baptist Minister Says Homosexual “Love” Is Blessed by God in One of The World’s Largest Gay “Pride” Parades in Brazil

Fonte: www.juliosevero.com

Leitura recomendada:

Viadagens teológicas: ambiente da teologia da libertação e TMI produzindo teologia gay no Brasil

Departamento de Estado de Trump reconhece junho como Mês do Orgulho LGBTI

“Deus decidiu”: Putin afirma que é seu “dever” impedir gays de se casarem de modo que as pessoas tenham mais bebês

O esquerdista, o direitista e o bolo

Daniela Mercury: “homofóbicos” merecem cadeia!

Igreja da Lagoinha: “Jesus Cura a Homofobia”

Folha de S. Paulo dá vez e voz para a esquerda evangélica

Vizinhos são obrigados a pagar R$ 15 mil por chamarem homossexual de “veado”

Blogueiro é obrigado a pagar R$ 15 mil por protestar contra dinheiro de imposto financiando grupo transgênero

Blogueiro católico é condenado a pagar R$ 15 mil por opinião contrária ao homossexualismo

Ex-candidato presidencial Levy Fidelix é condenado a pagar R$ 25 mil por comentários “homofóbicos”

Proeminente ativista pró-família Julio Severo foge do Brasil para escapar de acusações de “homofobia”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s