Vizinhos são obrigados a pagar R$ 15 mil por chamarem homossexual de “veado”

Julio Severo

Um tribunal no Acre condenou três vizinhos por insulto contra um homossexual que caminhou na rua deles. Entre as palavras ofensivas, o homossexual foi chamado de “veado.” O tribunal em Rio Branco, capital do Acre, está obrigando os três vizinhos a pagar R$ 5 mil cada, conforme noticiado pela Globo. A decisão do tribunal foi divulgada em 14 de junho.

Estranhamente, a Globo omitiu o nome da alegada vítima homossexual e seus agressores verbais. A Globo chamou a “agressão” verbal deles de “homofobia.”

Os habitantes do Acre têm muita dificuldade de pagar R$ 5 mil. O Acre é um dos estados mais pobres do Brasil com 0.59% do PIB nacional. Ainda que o progresso e a infraestrutura modernizada não tenham chegado ao Acre, leis anti-“homofobia” já chegaram ali.

Pelo sistema brasileiro, os estados podem aplicar apenas multas quando não existe nenhuma lei federal sobre um crime alegado. Quando existe uma lei federal, os estados podem aplicar multas e prisão.

Como um brasileiro conservador e principalmente como evangélico, me oponho a palavrões. Mas considerando que os ativistas homossexuais veem as passagens da Bíblia que condenam suas práticas sexuais imorais como “ofensivas,” o que os impediria de processar pastores, padres e outros cristãos por meramente citarem tais passagens?

A cultura brasileira, que é profundamente católica sincrética, adora linguagem suja. Todos no Brasil, sem exceção, são vítimas de palavrões. Até mesmo os homossexuais chamam outros homossexuais de “veados.” Aliás, os homossexuais são um dos maiores grupos bocas sujas do Brasil.

Então por que aplicar uma balança legal diferente quando os homossexuais se sentem ofendidos?

Versão em inglês deste artigo: Brazilian Neighbors Are Ordered to Pay US$4,500 For Calling a Homosexual “Fag”

Fonte: www.juliosevero.com

Leitura recomendada:

Blogueiro é obrigado a pagar R$ 15 mil por protestar contra dinheiro de imposto financiando grupo transgênero

Blogueiro católico é condenado a pagar R$ 15 mil por opinião contrária ao homossexualismo

Ex-candidato presidencial Levy Fidelix é condenado a pagar R$ 25 mil por comentários “homofóbicos”

Proeminente ativista pró-família Julio Severo foge do Brasil para escapar de acusações de “homofobia”

Leitura recomendada sobre palavrões:

Uma Inquisição Mundial para Matar Homossexuais?

Ateísta Ed Brayton: Julio Severo é um ‘doido’ brasileiro

O que atrai Olavo de Carvalho aos Estados Unidos?

Por que xingar? Uma resposta a Olavo de Carvalho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s