Um neocon brasileiro?

Julio Severo

A melhor explicação sobre as intenções dos neocons foi dada pelo escritor conservador Michael Savage, que disse:

“Os neocons… fazem muito dinheiro em cima de conflitos militares. Quando o mundo está em guerra, os neocons e a indústria bélica que trabalha com eles lucram enormes quantias de dinheiro. Os neocons não se importam de que lado você está, enquanto puderem trabalhar com você para criar uma situação política que eles consigam fazer crescer até virar guerra, e aí eles começam a tirar lucro.”

Qual é a preocupação deles agora? A quem eles estão acusando agora?

“Se Trump for eleito, veremos russos… na Casa Branca. Os assessores de Trump estão bastante conectados a Vladimir Putin e à Rússia. O próprio Trump tem muitas ligações também e é amigo de Putin. É por isso que Putin tentará sabotar Hillary com o vazamento de emails, etc.,” disse o blog de Trevor Loudon.

Os neocons estão descontentes com Trump e suas ligações russas. Loudon também está descontente, pois ele é neocon.

Michael Savage disse que os neocons vêm provocando Putin e a Rússia há décadas.

Loudon é anti-Trump porque ele é anti-Rússia.

Eu entenderia a obsessão neocon contra a Rússia nos tempos soviéticos. Mas por que agora? A União Soviética está extinta há mais de 25 anos e a Rússia atual é mais amistosa aos valores tradicionais. A Rússia vem lutando batalhas conservadoras na ONU.

Loudon é um escritor da Nova Zelândia que foi revelado aos EUA por meio do neocon católico Cliff Kincaid.

O blog de Trevor Loudon tem louvado o filósofo Olavo de Carvalho em vários posts. Coincidentemente, Olavo é o ativista anti-Rússia mais proeminente do Brasil, ainda que ele seja um imigrante nos EUA.

Mas sentimentos anti-Rússia não são as únicas ligações que unem Loudon e Olavo. Há ligações espirituais também. Loudon é seguidor da Filosofia Aplicada Zênite (FAZ), que é uma combinação de cientologia, misticismo oriental e as ideias da Sociedade Americana John Birch. O resultado dessa combinação é esoterismo anticomunista.

Loudon disse: “Tenho estudado a FAZ de 1976 a 1982, 1986/7 e de 1999 até hoje. Estou adorando meus estudos imensamente no momento e planejo continuar indefinidamente.”

O Bruxo da Nova Zelândia

Ian Brackenbury Channell, conhecido como o Bruxo da Nova Zelândia, também frequentava as reuniões na mesma FAZ de Loudon.

O Bruxo da Nova Zelândia e Loudon estavam entre os membros mais proeminentes da FAZ.

O Bruxo da Nova Zelândia

Esse histórico pode ajudar você a entender o ativismo conservador de Loudon.

Don Hank, um evangélico conservador americano, disse: “Um evangelista cujas reuniões meu pai e eu frequentávamos fazia pregações numa grande tenda de circo e alertava as pessoas que se John F. Kennedy fosse eleito, o papa estaria na Casa Branca. Sob Obama, a Irmandade Muçulmana estava na Casa Branca e Huma Abedin era assessora de Hillary. Os ataques de Loudon contra Trump estão levando conservadores a votar em Hillary. Não existe tal coisa como apoiador conservador de Hillary. Trevor não é conservador. Os neocons não são conservadores.”

Nos tempos soviéticos, seria suicídio ter um Trump pró-Rússia na Casa Branca. Mas considerando que até mesmo um católico como John F. Kennedy já ocupou a Casa Branca, qual é o problema com um Trump pró-Rússia na Casa Branca numa época em que a Rússia defende o conservadorismo?

Nesta semana, Olavo de Carvalho louvou Loudon como, “de longe, o maior conhecedor mundial da hegemonia comunista.”

Um esotérico que é o maior especialista anticomunista contra a Rússia quando a União Soviética morreu mais de 25 anos atrás?

Será que essa é uma aliança esotérica gnóstica contra Trump e a Rússia?

A propósito, Olavo tem qualidades espirituais que nunca desapontariam um esotérico como Loudon. Ele tem sido há décadas admirador de René Guénon, um católico francês que se convertera ao islamismo esotérico.

Aliás, Olavo traduziu para o português um dos livros de Guénon. Olavo ajudou a fundar no Brasil a primeira tariqa, um centro islâmico esotérico que ensina uma espécie de bruxaria muçulmana, e um dos filhos dele é um muçulmano atuante. Ainda que Olavo pareça hoje rejeitar parcialmente algumas dessas experiências passadas, muitos artigos dele louvam e recomendam Guénon.

Olavo também fundou a primeira escola de astrólogos no Brasil.

Loudon tem provado que é possível um esotérico ser neocon. Será que Olavo é um neocon também? Ao menos seus pontos-de-vista geopolíticos são em grande parte neocons.

Mas não é só Loudon e Olavo que estão descontentes com as ligações russas de Trump. De acordo com o DailyMail e a Associated Press, Obama repreendeu Trump por “idolatrar Putin como um modelo a ser seguido.”

Fico pensando se Obama também é um esotérico neocon.

“Se Trump for eleito, veremos russos… na Casa Branca,” disse o blog do Trevor Loudon. Fico pensando no que Obama, Loudon e Olavo farão para proteger os EUA do conservadorismo russo.

Versão em inglês deste artigo: A Brazilian Neocon?

Fonte: www.juliosevero.com

Leitura recomendada:

Olavo de Carvalho e seus absurdos sobre Trump e a Rússia

Infinitamente mais importante do que tirar Dilma do poder

Olavo de Carvalho e a Inquisição

Olavo de Carvalho, astrologia e antipetismo

Por que xingar? Uma resposta a Olavo de Carvalho

Olavo de Carvalho e o bruxo islâmico René Guénon

O cigarro, o canalha e a Inquisição

Caso Patrícia Lelé está deixando a Direita lelé?

Conservador? Direitista? Cristão? Ou produto pirata?

O que é um conservador evangélico?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s