Inquisidores do Conselho de Psicologia trabalham para cassar ou cansar Marisa Lobo

Inquisidores do Conselho de Psicologia trabalham para cassar ou cansar Marisa Lobo

Julio Severo
A psicóloga evangélica Marisa Lobo foi mais uma vez chamada a comparecer a uma audiência do Conselho Regional de Psicologia. Ela teve, sob intimação, de comparecer ao Conselho de Ética, acompanhada de seu advogado.

A audiência ocorreu em 29 de novembro de 2013. A acusação? “Homofobia.”

A Dra. Marisa Lobo, com seu advogado, perguntou o que é “homofobia,” considerando que ela nunca agrediu nem matou homossexuais.
Tudo o que os inquisidores conseguiram dizer foi que ela não poderia usar o nome de “psicóloga cristã” e falar de homossexualidade publicamente. Não que esses inquisidores achem errado um profissional de psicologia falar de homossexualidade. Eles podem sim falar, desde que elogiem, louvem e exaltem esse estilo de vida. Qualquer outra opinião é rejeitada.
Pronto! Está explicado! Marisa Lobo tem toda liberdade — sem mencionar apoio irrestrito do Conselho Federal de Psicologia — para elogiar, louvar e exaltar o estilo de vida homossexual.
Mas — pobre Marisa! — ela não entendeu que essa liberdade toda não se aplica a quem não está disposto a elogiar, louvar e exaltar o homossexualismo. A Inquisição do CFP (Conselho Federal de Psicologia) não perdoa os não louvadores.
Tudo ficaria mais simples para os inquisidores do CFP se Marisa Lobo tivesse agredido, torturado ou assassinado pelo menos um homossexual. Aí eles poderiam cassar o diploma dela sumariamente. Mas como as acusações de “homofobia” (que deveria significar violência) contra homossexuais jogadas contra ela não procedem, a estratégia deles é simples: cansar Marisa.
Cansá-la, cansá-la… até cansá-la. Intimá-la a uma infinidade de audiências, com as desculpas mais cínicas e ridículas, na esperança de que ela se esgote e renuncie “voluntariamente.”
Em conversa com ela ontem, ela me disse que está realmente cansada. Foi nesse ponto que eu expliquei que é no cansaço dela que está a vitória deles. Se eu estivesse no Brasil ainda, provavelmente vários grupos usariam a mesma estratégia comigo, conforme me disse anos atrás um advogado amigo. Eles podem não conseguir mandar você para a cadeia pelo ridículo termo “homofobia,” mas podem deixar sua vida tão ocupada em processos e idas a tribunais que você não terá tempo de realizar seu trabalho. É neutralização do ministério através do desgaste físico, mental e financeiro.
Marisa Lobo já está sendo intimada há uns dois anos. Nesta última audiência, ela explicou que ela deveria estar em Brasília, num evento importante do FENASP com lideranças evangélicas no Congresso Nacional, mas não pôde ir por causa da intimação. (Nos bastidores, os inquisidores devem ter esfregado as mãos de satisfação: “Tão vendo? Estamos prejudicando a vida dela com nossas bobagens! Prossigamos! Vamos ver até onde ela aguenta nossas bobagens!”)
Os inquisidores exigiram que Marisa Lobo removesse o adjetivo “cristã” que acompanha seu título de psicóloga. Para eles, não deve existir psicologia cristã.
O caso dela não é o único. Pelo Twitter, ela disse: “Reclamei que recebo denúncias do Brasil todo, de estudantes de psicologia humilhados por declararem sua fé cristã.”

Ela então questionou os inquisidores da audiência: “Por que há psicólogos umbandistas, budistas e muçulmanos que se anunciam como psicólogos dessas religiões e não sofrem ameaças, intimações e audiências?” A explicação foi que nunca houve uma denúncia formal contra eles. No caso de Marisa, três psicólogos homossexuais a denunciaram…

Não denunciam os psicólogos muçulmanos por quê?
Não denunciam os psicólogos espíritas por quê?
Não denunciam os psicólogos umbandistas por quê?
No caso dos umbandistas, a reação poderia implicar na colocação dos nomes dos denunciantes e inquisidores em oferendas de macumbarias…
No caso dos muçulmanos, existe a famosa “persuasão” bombástica. Por isso, ninguém ousa incomodá-los.
Já no caso dos cristãos, a reação não envolve nem macumbaria nem bombas. É só o amor de Cristo.
O Conselho Federal de Psicologia não se incomoda com Buda, Maomé e orixás nos psicólogos adeptos desses nomes. Mas por que o nome de Jesus, testemunhado na vida de psicólogos como Marisa Lobo, causa tanto incomodo no Conselho Federal de Psicologia?
Essa perseguição não está ocorrendo apenas contra os psicólogos cristãos, mas todos os que empunham a bandeira do testemunho cristão. O Capelão Ricardo Ribeiro teve mais uma vez sua conta bloqueada no Facebook, provavelmente por “homofobia.”
Se querem cansar alguém com esse termo espalhafatoso e ridículo, por que os inquisidores politicamente corretos não vão visitar as mesquitas do Brasil para acusar os muçulmanos disso?
O Brasil está apenas acompanhando as loucuras do mundo ocidental. Na Inglaterra, quando aproximadamente 6 mil extremistas islâmicos fizeram uma manifestação por seus direitos, um grupo homossexual aproveitou para fazer uma manifestação contra os muçulmanos. A reação foi imediata: os muçulmanos ameaçaram de morte o grupo homossexual.
Em seguida, a polícia veio e prendeu — não os que ameaçaram os homossexuais. A polícia prendeu somente os homossexuais que perturbaram o comício islâmico!
Na mesma Inglaterra, Dale Mcalpine, um pregador evangélico que prega nas ruas, foi preso por expressar sua opinião bíblica de que os atos homossexuais são pecado.
Isto é, quando os cristãos pregam a Bíblia, a polícia prende os cristãos para atender aos ativistas gays. Mas quando os ativistas gays, num país com tradição cristã como a Inglaterra, protestam contra um comício de milhares de islâmicos que pedem a morte de homossexuais, quem vai preso são os homossexuais!
O que Marisa Lobo, Ricardo Ribeiro e outros cristãos deveriam fazer para ganhar da mídia ocidental o mesmo respeito que ganham os ativistas gays e os militantes islâmicos?
Leitura recomendada:

10 comentários sobre “Inquisidores do Conselho de Psicologia trabalham para cassar ou cansar Marisa Lobo

  1. O detalhe é que a perseguição está desse jeito antes mesmo da aprovação do PLC 122. Imaginem como ficaria, caso ele fosse aprovado. Queira o Senhor que tal lei da inquisição moderna seja rejeitada. Oremos…

  2. A meia-ciencia da psicologia nao tem aplicacao no mundo oriental hinduista/budista e outros "istas" daquela parte do mundo. Isto porque os fundamentos da psicologia sao anticristaos. "Pecado nao existe". O pecado/erro/conflitos advem de traumas impostos via civilizacao judaico-crista. Em termos mais rasteiros, pecado nao existe. Se o sujeito deseja algo, ainda que esse desejo e, principalmente por isso, reprimido pela sabedoria de Deus, explicitada na Biblia, ora, aas favas com essa "cultura ignorante de religios fanaticos".Antonio.

  3. Eles estão tentando desgastá-la? É só usar o feitiço contra o feiticeiro, como? Aproveite a publicidade, Marisa Lobo deputada federal em 2014. Com certeza vai se eleger. Já tem meu voto.Reginaldo

  4. Também voto em Marisa Lobo, e sei de mais gente que votaria nela.O Conselho Federal de Psicologia não faz ciência, porque se o fizesse saberia — e eles sabem, mas fingem que não — que tanto Freud quanto Lacan afirmaram em seus escritos que o homossexualismo é uma anomalia e absolutamente curável, a despeito de toda gritaria do CFP e movimento gay.O CFP faz, isto sim, lobby para o movimento gay.

  5. Por que ela não pega logo um monte de livros de psicologia cristã, que existem aos montes, melhor ainda que sejam obras em língua estrangeira, posto que essa gente que vive nesses conselhos é analfabeta, e esfrega na cara deles?O que esses sujeitos vão fazer? Dizer que aqueles livros não existem por que não passaram pela sua sábia chancela? O cansaço nessa vida não é nada mas como a maioria desses senhores não acredita na eternidade, não devem estar muito preocupados o quanto mais cansados eles vão ficar por lá – na fossa infernal destinada a eles – que Deus me perdoe por emitir esse tipo de vaticínio.

  6. Na boa, para quê a existência deste tal conselho? Da mesma forma pra quê existência do CFM, que queria a legalização do aborto "não dolorido"? Aliás, para quê a existência dos conselhos federais (e até internacionais) de psicologia, medicina, advocacia, engenharia, saúde, educação, etc.? A grande verdade, queiram ou não, é que os tais conselhos acabam sendo tentáculos do Estado para que este possa controlar tiranicamente as profissões das pessoas. Que grande conselho de hoje não está alinhado ao PT? Praticamente todos estão. Júlio, vou te dizer o que eu acho: é dever de todo bom cristão ter alto conhecimento político e econômico, para não ser enganado e esmagado pelo Estado. Como eu disse uma vez, não existe outro caminho, no campo da política, para um cristão seguir sem ser o Liberalismo Econômico e o Conservadorismo Político. O Estado por sua natureza já é um leviatã, e já que precisamos da existência desta instituição, devemos controla-lo e minimiza-lo.Por isso acho que os conselhos federais devem ser extintos, para impedir que o Estado se intrometa em áreas que não são da sua conta.

  7. Tenho certeza que nenhum grupo organizado de feministas (que criaram o xingamento de "Machista!" para todos aqueles que ousam discordam delas) apoiaram a Dra Marisa Lobo numa dessas audiências.Talvez Valnice Milhomens?Talvez Marina Silva?Obrigado.

  8. Vendo a situação que a irmã Marisa está passando, me lembrei da carta que Jesus mandou o apóstolo João escrever para a igreja de Esmirna:Apocalipse 2:8–112:8 E ao anjo da igreja em Esmirna, escreve: isto diz o Primeiro e o Último, Aquele que foi morto e reviveu:2:9 Eu conheço a tua tribulação, a tua pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia daqueles que se dizem judeus e não o são, mas são a sinagoga de Satanás.2:10 Não temas as coisas que haverás de sofrer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida.2:11 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: o vencedor não sofrerá o dano da segunda morte.Naquela época, os fiéis da igreja de Esmirna estavam sendo impiedosamente perseguidos e mortos pela Inquisição e pelo Império Romano, mas Jesus os encorajava a permanecerem firmes a Ele até o fim. Muitos amavam mais a Jesus e à Sua Palavra do que as próprias vidas (uma lição importantíssima para os cristãos dos dias de hoje)!Ninguém pense que a situação hoje é diferente daquela época. Quem desejar ser um verdadeiro cristão tem que estar preparado para enfrentar o pior a qualquer momento. A vida cristã é uma vida de lutas, de provações, de dificuldades, de problemas a resolver. Assim como o ouro precisa ser provado no fogo para remover as impurezas, assim também o cristão precisa ser provado para enfrentar a maldade do mundo (Tiago 1:12). O verdadeiro servo de Jesus tem que estar sempre pronto para dar a vida por amor a Ele e à verdade de Sua Palavra. Quantos, hoje, fariam como os fiéis de Esmirna (que aceitaram a morte sem nenhum medo)? O verdadeiro cristão nunca pode pensar que nunca será posto à prova por amor a Jesus!Para a irmã Marisa, eu digo o seguinte: amada irmã, você não está sozinha esta luta. O Senhor Jesus está contigo. E nós, cristãos, estamos com você. Desde já, pode contar conosco (e também com as nossas orações).Aproveito para deixar, para a irmã Marisa, alguns versículos para reflexão:"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor a Ti, somos entregues à morte todos os dias; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por Aquele que nos amou" (Romanos 8:35–37)."Os que confiam no Senhor serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre" (Salmos 125:1)"Em verdade Eu vos digo que se alguém guardar a Minha Palavra, nunca verá a morte" (João 8:51)"No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo, porque Eu venci o mundo" (João 16:33)"Entrega o teu caminho ao Senhor; confia Nele, e Ele tudo fará" (Salmo 37:5)

  9. Não sei se muitos vão concordar com o meu ponto de vista, mas eu vou dizer exatamente o que eu penso (me corrijam se eu estiver errado).Este Conselho Federal (ou Fascista?) de Psicologia é um verdadeiro representante do inferno (esta é que é a verdade). Seus membros nada mais são do que pessoas comprometidas com a agenda "politicamente correta" do governo corrupto de Dilma (e também dos homossexuais).Para o mesmo Conselho, é proibido:– Falar da fé cristã;– Falar que Jesus liberta a pessoa do homossexualismo;– Dizer que homossexualismo é pecado;– Dizer que Jesus ama o homossexual, mas condena o homossexualismo.Por outro lado, é permitido que se pregue:– O "respeito à diversidade" (que é uma forma sutil de impor a tolerância ao homossexualismo);– A "não discriminação" (ou seja, não se pode dizer que homossexualismo é pecado);– A "aceitação da cultura" (que é a aceitação das religiões demoníacas disfarçadas de afro–brasileiras);– O "livre desenvolvimento da personalidade" (que é, na verdade, uma forma disfarçada de impor o homossexualismo para crianças e adolescentes).Daqui a pouco, só falta este mesmo Conselho impor: "Obrigue todos a dizer que Satanás é que é o benfeitor, e Jesus é o enganador! Ou melhor, obedeça ao diabo e esqueça que Jesus existe!"Parece exagero se isso vier a acontecer? O que se pode esperar de bom de um Conselho de Psicologia totalmente a serviço de um governo corrupto, pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão?

  10. O apóstolo Paulo disse que todos aqueles que quiserem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos (2 Timóteo 3:12). Nas épocas do Império Romano e da Inquisição, ser cristão era assinar a própria sentença de morte. Milhões de cristãos foram queimados vivos nas fogueiras, atirados às feras na arena do Coliseu, decapitados, e mortos de muitas outras formas.Muita gente talvez ainda não tenha percebido, mas estamos, a cada dia que passa, voltando novamente a esses mesmos tempos. Se isto que estão fazendo com a irmã Marisa não é perseguição, então eu não sei mais o que é.Estou pronto para pagar o preço que for necessário em favor do evangelho, e, neste exato momento, dou todo apoio à irmã Marisa. Ao mesmo tempo, manifesto meu total repúdio à atitude do CFP (Conselho Federal de Psicologia). Este mesmo Conselho se diz imparcial, mas está, na verdade, totalmente submisso aos ditames deste governo corrupto e dos homossexuais.Se mesmo com a lei ainda permitindo (por enquanto) a nossa liberdade de expressão já estamos sendo perseguidos, agora imaginem quando nos tirarem esse direito!Tudo isto que está acontecendo só faz confirmar uma única coisa: Jesus está voltando!Da mesma forma que o Élquisson perguntou no comentário dele, eu também pergunto: quantos, hoje, fariam como os fiéis de Esmirna (que aceitaram a morte sem nenhum medo)? Quem, nos dias de hoje, morreria por amor a Jesus e à Sua Palavra? Quem teria a coragem de um Jeremias, um Elias, ou um João Batista para denunciar as coisas erradas dos poderosos (e também dizer as verdades que muitos estão precisando ouvir)?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s