Uma Resposta Carismática à “Crise Crescente por Trás da História de Sucesso Evangélico do Brasil”

Uma Resposta Carismática à “Crise Crescente por Trás da História de Sucesso Evangélico do Brasil”

Julio Severo trata de conceitos e alvos errados em artigo de teólogo presbiteriano brasileiro

Julio Severo
Em seu blog no “The Gospel Coalition,” o teólogo calvinista brasileiro Augustus Nicodemus Gomes Lopes disse: “Quando Paulo Romeiro escreveu ‘Evangélicos em Crise’ em meados da década de 1990, um livro que se tornou best-seller entre evangélicos brasileiros, ele tratou apenas de um dos muitos modos pelos quais o evangelicalismo está se desmoronando no Brasil: sua incapacidade de deter a propagação da teologia da prosperidade.” (Link: http://archive.is/hjNXb)

Ele menciona “Teologia da Prosperidade” três vezes. Estranhamente, a Teologia da Libertação e sua versão protestante, a Teologia da Missão Integral, estão ausentes do seu texto.

Ainda que a Teologia da Missão Integral seja um problema predominante entre calvinistas brasileiros, Nicodemus foca nominalmente apenas na Teologia da Prosperidade, que é seguida de forma geral por igrejas neopentecostais.
De forma simplista, a Teologia da Missão Integral, que é adotada por teólogos e líderes em grande parte de opulentas igrejas reformadas, é o método que os líderes empregam para ensinar os pobres a buscar o Estado como o provedor de suas necessidades materiais. Em contraste, a Teologia da Prosperidade é de modo geral seguida e praticada nas igrejas neopentecostais brasileiras, onde os pobres são ensinados a buscar a Deus como o provedor de suas necessidades materiais e espirituais.
Basicamente, ambas as teologias vieram dos Estados Unidos. Na década de 1950, o Rev. Richard Schaull, um forte adepto do Evangelho Social dos EUA e mais tarde professor na Universidade Presbiteriana Princeton nos EUA, ensinava no maior seminário da Igreja Presbiteriana do Brasil — a mesma denominação de Nicodemus.

Sua influência, primeiramente na Igreja Presbiteriana do Brasil, foi impactante e ele foi um precursor da Teologia da Libertação. Seu discípulo, o então teólogo presbiteriano Rubem Alves, contribuiu muito para o nascimento da Teologia da Libertação no Brasil na década de 1960.

As igrejas neopentecostais começaram a aparecer no Brasil principalmente no final da década de 1970, quando as audiências evangélicas estavam na maioria sendo influenciadas pelos televangelistas Pat Robertson e Rex Humbard e seus programas famosos “Clube 700” e “Alguém Ama Você.” Além disso, muitos se converteram a Cristo por meio desses programas.
Em meados da década de 1980, líderes protestantes, inclusive Caio Fábio, estavam preocupados que a Teologia da Prosperidade das igrejas neopentecostais estava enfraquecendo o avanço da Teologia da Missão Integral em toda a Igreja Brasileira. Você pode encontrar mais informações em meu e-book gratuito: http://bit.ly/141G7JH
Caio Fábio, que era o líder mais proeminente na Igreja Presbiteriana do Brasil, acabou caindo por graves escândalos sexuais e financeiros no final da década de 1990, depois de seu sórdido trabalho de ajudar o ex-presidente Lula e seu partido socialista, o PT, a atrair os evangélicos.
Os principais inimigos do neopentecostalismo, e sua Teologia da Prosperidade, têm sido protestantes esquerdistas. Ainda que não seja esquerdista, Augustus Nicodemus acha mais fácil atacar nominalmente a Teologia da Prosperidade do que a Teologia da Missão Integral. Quando era chanceler na Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo, ele permitia professores de teologia adeptos da Teologia da Missão Integral, mas não se permitia nenhum adepto da Teologia da Prosperidade.
Por que o neopentecostalismo, não a marxista Teologia da Missão Integral, tem sido a grande preocupação dele? Por causa da teologia dele, que tem estado em conflito especial com a vasta maioria evangélica do Brasil. Nicodemus é a principal voz cessacionista no Brasil. O cessacionismo prega que profecia e outros dons sobrenaturais do Espírito Santo cessaram 2000 anos atrás.
Ele tem tido muita dificuldade para entender como as igrejas pentecostais, renovadas e neopentecostais (inclusive católicos carismáticos) estão experimentando um crescimento fenomenal. Nicodemus diz: “De acordo com o recenseamento oficial mais recente, os evangélicos representam quase um quarto da população total do Brasil (22,5 por cento). É um crescimento fenomenal, já que apenas 40 anos atrás eles eram apenas 2,5 por cento.”

O que ele não revelou é que esse crescimento em massa tem tudo a ver com dons sobrenaturais e o Espírito Santo. De acordo com o “The New International Dictionary of Pentecostal and Charismatic Movements: Revised and Expanded Edition” (Novo Dicionário Internacional de Movimentos Pentecostais e Carismáticos, Zondervan 2010), o Brasil tem o seguinte perfil evangélico:

Pentecostais 24.810.921 (31%)
Carismáticos* 33.970.683 (42%)
Neopentecostais 21.168.395 (26%)
Total de renovados: 79.949.999
*Carismáticos abrangem, na grande maioria, católicos renovados e, em minoria, protestantes renovados de igrejas históricas como presbiteriana, luterana, metodista, etc.
De acordo com a Wikipédia, a denominação presbiteriana de Nicodemus no Brasil tem 980.000 membros. Essa estatística não significa que todos os presbiterianos brasileiros são cessacionistas. Muitos deles são renovados.
O cessacionismo de Nicodemus traz outro problema: se profecia e outros dons sobrenaturais hoje entre os cristãos brasileiros não são de Deus, quem está provocando o crescimento pentecostal, carismático e neopentecostal no Brasil? Quem está realizando milagres entre eles? Satanás?
O Brasil é a maior nação espírita do mundo. A feitiçaria, principalmente de origem africana, é abundante. A colisão entre os poderes das trevas dessas religiões ocultistas e as igrejas pentecostais, carismáticas e neopentecostais e seus dons espirituais tem resultado em conversões em massa a Cristo.

Essa colisão é necessária. Como o teólogo calvinista Vincent Cheung disse: “A resposta ao poder sobrenatural demoníaco é maior poder sobrenatural divino. A Bíblia descreve muitos encontros de poder, onde o poder miraculoso de Deus esmagou o poder de Satanás. Considere o confronto entre Moisés e os mágicos, entre Elias e os falsos profetas, entre Jesus e os possessos de demônios, entre Felipe e Simão, entre Paulo e Elimas, e entre Paulo e essa jovem com o espírito maligno no texto que estamos lendo. Paulo expulsou o espírito de adivinhação, e a moça perdeu sua capacidade. Essa é a resposta bíblica aos milagres de Satanás. A solução não é negação, mas discernimento e controle.” (Sermonettes, Volume 7, Capítulo Sete.)

Como cessacionista, Nicodemus prefere a negação e vê muitos problemas no explosivo crescimento pentecostal, carismático e neopentecostal. Ele disse: “Como o evangelicalismo chegou a esse ponto de sucesso e crise simultânea no Brasil? Até mesmo entre igrejas reformadas, nunca se conheceu nem se adotou plenamente a teologia e a prática reformada em nosso país.” Por isso, a crise evangélica se origina do fato de que, como disse ele, não “conheceram as doutrinas da Reforma em sua plenitude e poder.”

Mas o que é necessário para prevalecer nas colisões entre os poderes espirituais das trevas e o poder de Deus? Ser cheio das tradições da Reforma ou ser cheio do poder do Espírito Santo?

Nicodemus também disse: “Ao desdenharem séculos de tradição e interpretação teológica, os evangélicos se acharam vulneráveis a qualquer interpretação, tal como teísmo aberto, teologia da prosperidade, uma nova perspectiva sobre Paulo, e assim por diante.” Nenhuma menção à ameaça mais importante entre as igrejas reformadas do Brasil: a Teologia da Libertação e sua irmã protestante, a Teologia da Missão Integral.
O principal defensor da Teologia da Missão Integral no Brasil é o Pr. Ariovaldo Ramos, pastor da Comunidade Cristã Reformada. Recentemente, ele louvou Hugo Chavez como um herói dos fracos e pobres. Suas proeminentes atividades esquerdistas não têm sido contestadas por Nicodemus e outros líderes reformados.
Na melhor das hipóteses, Ariovaldo permanece em silêncio diante das tentativas do governo socialista do Brasil de legalizar o aborto e aprovar o PLC 122, um projeto de lei que criminaliza a crítica bíblica aos atos homossexuais. Ele apoiou a eleição desse governo. Em contraste, Marco Feliciano, deputado federal e pastor da Assembleia de Deus, tem se expressado publicamente contra o aborto e contra o PLC 122.
Feliciano também apoiou a eleição desse governo. Mas quando surgiu uma colisão entre valores e o governo do PT, ele escolheu valores. Por causa de suas posturas morais públicas, ele tem sido sistematicamente atacado pela Esquerda secular e religiosa, inclusive Ariovaldo.
Num contraste mais sombrio, Nicodemus é membro da ANAJURE, uma organização cristã criada para defender os cristãos e seus direitos civis, cujo presidente deu declarações públicas contra Feliciano. Além disso, em 2010, depois que os ativistas gays protestaram contra um manifesto público contra o PLC 122 no site de sua universidade, Nicodemus ordenou sua remoção, virtualmente se prostrando às exigências gays.
Ao que tudo indica, nada disso tem sido uma preocupação para ele.
Como cessacionista, ele está preocupado apenas com os pentecostais, principalmente com a falta de direção teológica deles. Até mesmo entre as igrejas neopentecostais que praticam a Teologia da Prosperidade, a diversidade de interpretação e práticas é gigantesca. Por exemplo, a denominação neopentecostal mais agressiva do Brasil, a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), é cessacionista, crê em milagres apenas por confissão positiva e oração e rejeita profecia e outros dons sobrenaturais do Espírito Santo hoje. A IURD prega que as manifestações desses dons hoje são demoníacas — uma postura que não difere da postura das igrejas reformadas cessacionistas. O bispo Edir Macedo, fundador da IURD, tem apoiado abertamente o aborto. Mas nesses dois pontos — cessacionismo e aborto —, a IURD tem sido exceção entre as igrejas neopentecostais do Brasil.
Essas diferenças imensas têm uma explicação. De acordo com o Novo Dicionário Internacional de Movimentos Pentecostais e Carismáticos: “A diversidade do pentecostalismo global torna impossível falar de uma teologia pentecostal, principalmente já que uma teologia completamente madura da fé cristã a partir de uma perspectiva pentecostal clássica ainda não foi escrita.” Esse é especialmente o caso do Brasil.
Pelo fato de que ele pensa basicamente em termos teológicos, Nicodemus provavelmente vê pouca esperança para tais igrejas sem teologia. Aliás, para ele isso é uma “crise.” Ele disse: “Não existe saída fácil dessa crise. Contudo, há alguns sinais animadores de mudança que não posso deixar de mencionar. Um deles é o crescimento surpreendente da fé reformada entre pentecostais. Há exemplos inumeráveis de pastores pentecostais se voltando para a compreensão reformada das Escrituras. Às vezes até mesmo igrejas pentecostais inteiras têm passado por essa mudança. Cito aqui um email que recebi algumas semanas atrás de um pastor que era pentecostal: Seu livro Adoração Espiritual [primeiramente publicado em 1998 e agora na sua 5ª edição] fez a nossa igreja inteira parar de falar em línguas e mudou nossa liturgia toda. Até tivemos de mudar a placa de nosso templo de ‘Assembleia de Deus’ para ‘Igreja Reformada.’”

Uma igreja Assembleia de Deus parou de falar em línguas (e possivelmente parou as profecias também), e o cessacionismo ganhou no nome da Reforma. Mas será que isso é vitória espiritual?

Eis a realidade brasileira: Milhões de almas perdidas estão perecendo. O espiritismo é generalizado. A Teologia da Libertação está desenfreada na Igreja Católica. A Teologia da Missão Integral está desenfreada nas igrejas reformadas. E um teólogo reformado está interessado em igrejas abandonando experiências carismáticas e se tornando reformadas?
Essa é uma preocupação frívola e irresponsável.
Durante décadas, a Teologia da Missão Integral — sem mencionar a maçonaria — tem sido um grande problema entre as igrejas reformadas, e a grande preocupação de Nicodemus é o crescimento das igrejas pentecostais, renovadas e neopentecostais?
Recentemente, meu blog expôs o cessacionismo de Nicodemus, e um de seus fãs comentou que se a preocupação dos cristãos opostos ao cessacionismo é cura, visão e profecia, eles deveriam visitar centros espíritas para ver tudo isso. Assim, a falsa doutrina de Nicodemus e outros teólogos reformados tem inevitavelmente levado seus seguidores a ver apenas “espiritismo” nas igrejas pentecostais, renovadas e neopentecostais do Brasil.
Essa é uma descrição grosseira e enganosa não só do poder de Deus, mas também de seu papel essencial no crescimento fenomenal da Igreja Evangélica Brasileira.

Faria sentido você estar vivendo na França se o problema mais importante que você vê nessa nação é sua língua?

Por que você viveria na França se você não gosta de francês? Você tentaria converter as pessoas que falam francês em pessoas que falam português? O Brasil não é a França, mas sua população evangélica é vastamente pentecostal, e Nicodemus quer transformá-los em reformados e, assim espera ele, em cessacionistas.
Igrejas pentecostais se transformando em igrejas reformadas acarreta ciladas reformadas.
Sim, o contato reformado poderia ser útil para os pentecostais no Brasil, mas primeiro os líderes reformados precisam renunciar, denunciar e lutar contra a Teologia da Missão Integral que predomina entre eles. Caso contrário, maior contato reformado para os pentecostais só trará mais da mesma crise e confusão com as quais as igrejas pentecostais, renovadas e neopentecostais começaram a se contaminar no final da década de 1990 por literatura e conferências de Caio Fábio, Ariovaldo Ramos e outros líderes reformados defensores da irmã protestante da Teologia da Libertação.
Entre as igrejas reformadas (presbiterianas, calvinistas), a contaminação começou na década de 1950! Há uma crise esquerdista empesteando as igrejas reformadas do Brasil, mas Nicodemus e outros líderes que têm treinamento teológico se recusam a lidar com isso de forma direta. O Brasil é um berço da Teologia da Libertação. Mesmo assim, Nicodemus nunca a mencionou em seu artigo elaborado para apontar apenas a crise por causa do pentecostalismo.
Na década de 1990, frequentei uma igreja presbiteriana, da mesma denominação de Nicodemus. Eles se preocupavam muito com a Teologia da Prosperidade. Para se protegerem, todas as igrejas presbiterianas da região incentivavam assinaturas coletivas da revista Ultimato — a principal voz presbiteriana do Brasil em favor da Teologia da Missão Integral.
Durante anos, tenho denunciado a Ultimato — que tem sistematicamente atacado os conservadores. Mas Nicodemus e seus camaradas cessacionistas nunca a denunciaram do jeito que denunciam os neopentecostais.
Há uma crise reformada na Europa e nos Estados Unidos, onde as grandes denominações estão ordenando pastores gays e liderando boicotes contra Israel. O liberalismo e o esquerdismo têm se introduzido lentamente em grande parte sem oposição, e o resultado é apostasia generalizada. E desde o seu início no Brasil, o movimento de Teologia de Missão Integral tem proeminentes líderes reformados.

Se o cessacionismo é uma venda nos olhos, isso explica por que até mesmo líderes reformados não esquerdistas como Nicodemus são incapazes de combater a Teologia da Missão Integral do jeito que eles sistematicamente combatem a Teologia da Prosperidade e outras práticas pentecostais, inclusive a Marcha para Jesus, que é liderada por neopentecostais opostos ao aborto e ao PLC 122. A Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) tem um evento semelhante no Rio de Janeiro, chamado “Caminhada Presbiteriana pela Cidadania.” Essa marcha tem como sua missão oficial aumentar a visibilidade da IPB e da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

A “Caminhada Presbiteriana pela Cidadania” tem tido uma parceria com espiritas e religiões afro-brasileiras. Seu líder, o Rev. Marcos Amaral, expressou publicamente seu desejo de vida longa para Hugo Chavez e um derrame para Marco Feliciano, porque o pastor pentecostal é odiado pelos esquerdistas seculares e protestantes por causa das posturas conservadoras dele sobre aborto e homossexualidade. Aliás, o Rev. Amaral chegou até a se unir a proeminentes esquerdistas seculares para protestar contra Feliciano. Nicodemus tem um artigo criticando pesadamente a Marcha para Jesus, mas nenhum artigo contra a marcha presbiteriana liderada pelo Rev. Amaral.
Os pentecostais de fato precisam de ajuda, principalmente porque estão sob ataques pesados de calvinistas e secularistas esquerdistas. No entanto, os líderes reformados realmente têm a resposta certa e completa?
E quanto à cegueira cessacionista e a Teologia da Missão Integral?
Há libertação dessas ciladas reformadas no Brasil? Sim — ser cheio do poder e conhecimento do Espírito Santo.
Leitura recomendada:

17 comentários sobre “Uma Resposta Carismática à “Crise Crescente por Trás da História de Sucesso Evangélico do Brasil”

  1. Muito bom Este Artigo, todos os dias no horário de almoço, leio seu artigo do dia. Sei que os cessacionistas ficam com raiva de você por estes textos que iluminam.Vai nessa tua força que DEus é contigo.Sei que um dia Deus irá me levantar pra escrever artigos e livros para ajudar o povo cristão a se despertar contras as ciladas do Diabo. POr enquanto irei orando e estudando.

  2. Amigo Jadson Carvalho,Infelizmente, a teoria do cessacionismo contaminou muitas pessoas e igrejas. Algumas delas não crêem mais nas manifestações vindas do Espírito Santo (ou nos dons espirituais).O verdadeiro cristão jamais rejeitaria a atuação do Espírito Santo. Este mesmo espírito tem todo poder para atuar como quiser na vida do cristão, desde que o cristão dê espaço. O apóstolo Paulo explica isso de forma mais detalhada:"Porém, nós não recebemos o espírito do mundo, mas sim o Espírito que vem de Deus, para que pudéssemos conhecer aquilo que nos é dado gratuitamente por Deus; as quais também falamos, não com palavras da sabedoria humana, mas com as que são ensinadas pelo Espírito Santo, comparando as coisas espirituais com as espirituais" (1 Coríntios 2:12–13)"Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas o Deus que opera em tudo e em todos é o mesmo. Porém, a manifestação do Espírito é concedida a cada um para aquilo que for útil. Pois a um é dada, pelo Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelo mesmo Espírito, o dom da cura; e a outro, a operação de maravilhas; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de distinguir os espíritos; e a outro, a diversidade de línguas; e a outro, a interpretação de línguas. Porém o mesmo e único Espírito faz todas estas coisas, dividindo particularmente a cada um como quer" (1 Coríntios 12:4–11)Quem tem comunhão com o Espírito Santo crê em todas as visões, dons e revelações dadas por Deus. Infelizmente, é esta mesma comunhão que está em falta em muitas igrejas atuais! Em virtude disso, muitas pessoas se deixam enganar por falsas revelações (e falsos profetas).Foi justamente para alertar contra esses e outros enganos que o apóstolo João advertiu:"Amados, não acrediteis em todo espírito; mas antes provai se tais espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas têm surgido em todo o mundo" (1 João 4:1)Eu pergunto: não é exatamente isto o que está acontecendo com muitas pessoas e igrejas ditas cristãs nos dias de hoje?

  3. Pegando carona no que o presbítero Valdomiro disse sobre os dons espirituais (e para derrubar os argumentos dos cessacionistas), eu acrescentaria o seguinte: o próprio Jesus, antes de voltar para o Pai, prometeu mandar o Espírito Santo aos Seus discípulos. Ele mesmo garantiu:"E Eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre: o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não O vê e nem O conhece; mas vós O conheceis, porque Ele habita convosco e estará em vós" (João 14:16–17)"Mas o Consolador, o Espírito Santo, que é Aquele a quem o Pai enviará em Meu nome, Ele vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que Eu vos tenho dito" (João 14:26).Com estas palavras, Jesus disse que o Pai enviaria o Espírito Santo para ensinar e orientar todos os homens. E isso seria válido não só para aquela época (e para os Seus apóstolos), mas também se aplicaria a todos os cristãos dos dias de hoje.Mais adiante, Jesus explica melhor o papel do Espírito Santo:"Todavia, Eu vos digo a verdade: convém que Eu vá, porque, se Eu não for, o Consolador (o Espírito Santo) não virá a vós; mas Eu, quando for, Eu O enviarei. E Ele, quando vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça, e do juízo: do pecado, porque não crêem em Mim; da justiça, porque volto para Meu Pai e não Me vereis mais; e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado. Muito ainda terei para vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. Quando, porém, Ele, o Espírito da verdade, vier, Ele vos guiará em toda a verdade; pois não falará por Si próprio, mas vos dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir" (João 16:7–13, o parêntese é meu)No livro de Atos dos Apóstolos, o apóstolo Pedro confirma que o Espírito Santo se manifestará a todos os cristãos de todas as épocas (inclusive hoje). Ele mesmo deixa isso bem claro ao dizer:"E acontecerá, diz o Senhor, que nos últimos dias derramarei do Meu Espírito sobre toda carne; vossos filhos e filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e vossos velhos terão sonhos; e também derramarei do Meu Espírito sobre Meus servos e Minhas servas, naqueles dias, e profetizarão" (Atos 2:17–18)O Espírito Santo está presente no nosso meio, e continua ativo ainda hoje (em que pese toda a teoria contrária dos cessacionistas). O que todo verdadeiro cristão precisa fazer é ter comunhão com Ele, e buscar os dons espirituais. Em relação a isso, o apóstolo Paulo afirmou com autoridade:"Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar" (1 Coríntios 14:1)Precisa dizer mais alguma coisa?

  4. De forma alguma duvido que eh real a acao do Espirito Santo. De outro lado, penso que existe alguma dificuldade em determinar qdo o Senhor, pelo Espirito Santo, estah a comunicar algo sobrenatural, pois, muitas vezes o Senhor usa outras pessoas para isso e, aih mora o perigo.O irmao Julio citou a revista eskerdista ultimato. O primeiro contato que tive com tal publicacao veio de uma irma em Cristo a qual confidenciou-me ter ficado extremamente triste com um artigo que ela leu na edicao de set/out 2002. Pedi a ela emprestada a revista e, nao fiquei apenas triste, mas chorei. Entre muitas sandices, a redacao da revista usou ateh umma diabolica mensagem subliminar para levar a boiada ao curral do nove dedos que chegou a presidente.Ha algum tempo verifiquei que a influencia dessa enganosa revista, que se passa por publicacao evangelica, sim, essa coisa tomou ateh o lugar da Biblia nas ABUs. Sinal dos tempos, Apostasia. Proximidade do Juizo Final. Oremos.Antonio.

  5. Júlio, o Edir Macedo tem medo de pentecostais e profetas pq Deus que os usa sabe quem ele é…e Nicodemos não precisa se preocupar com o cessasionismo que não cessa já há profeta para denunciá-lo e ele se chama Júlio Severo o João Batista da Modernidade!kkkkkkPaulo César Cândido

  6. Irmão Julio,esperar o que de uma organização religiosa ( Igreja Presbiteriana ) que há décadas aceita e tem em varias lojas maçônicas, vários presbíteros , reverendos e cristãos enchendo as lojas maçônicas do mundo Inteiro ? Esperar o que irmão Julio Severo, dessa Igreja que é contra Israel a ponto de defender o boicote contra o Estado de Israel ? Esperar o que irmão Julio da Igreja Presbiteriana que aceita gays e lésbicas como seus Reverendos, presbíteros e lideres ?O Espirito Santo há muito foi lançado fora dessa igreja, e o resultado está ai para toda a sociedade civil ver aqueles que servem e aqueles que não servem a Deus. Muita pena e dó daqueles que ainda frequentam um lugar como esse.Pastor Caleb.

  7. Este Texto é um retrato da torre de Babel. Ninguém se entende no meio "gospel evangélico" uma bagunça generalizada, também não é pra menos, desligar-se da Igreja de Cristo(Católica) é cair em confusão e heresia. Sempre foi e sempre será assim.

  8. Amado irmão pastor Caleb,Você está certíssimo no seu comentário. Não só eu concordo com tudo que você disse, como eu ainda acrescentaria o seguinte: tem um ditado popular que diz que "nem tudo que reluz é ouro", ou seja, nem tudo é o que parece ser à primeira vista.Em outras palavras: não adianta uma igreja apenas PARECER cristã e não SER verdadeiramente (como é o caso da Igreja Presbiteriana).Uma igreja verdadeiramente cristã jamais deveria permitir que ímpios a serviço do diabo (maçons, gays, lésbicas, e outros pecadores) estejam à vontade dentro dela, e corrompam a fé cristã. Isso equivale a permitir que o diabo seja adorado dentro de um local sagrado (que deve ser somente para a adoração de Jesus).Podem pensar o que quiser de mim, mas eu, se fosse presidente da Igreja Presbiteriana, iria fazer o mesmo que Jesus fez com os vendilhões do templo: iria expulsar todos esses ímpios de lá. E eu ainda diria as mesmas palavras de Jesus:"Está escrito: A Minha casa será chamada casa de oração; mas vós a transformastes em um covil de ladrões" (Mateus 21:13)Se dermos brecha para a infiltração de ímpios em um local sagrado, vai haver tudo que é pecado e vício devido devido à nossa negligência! O verdadeiro cristão não pode tolerar nenhum pecado (e muito menos a presença de um ímpio dentro de um local sagrado)!Todo e qualquer pecado tem que ser energicamente combatido (ou seja, o mal tem que ser cortado pela raiz)! É como bem disse o apóstolo Paulo:"Não deis lugar ao diabo" (Efésios 4:27)Alguém concorda comigo?

  9. Ao anômimo que disse: "também não é pra menos, desligar-se da Igreja de Cristo(Católica) é cair em confusão e heresia. Sempre foi e sempre será assim".A diferença entre nós evangélicos e vocês católicos é que nós denunciamos, não acobertamos erro de ninguém, enquanto vocês encobrem toda a safadeza e sacanagem, principalmente de padres pedófilos e ladrões que deviam verbas das dioceses. No dia que a igreja católica deixar de ser idólatra e mariólatra, dentre outras heresias, e crer nos dons e na ação do Espírito Santo e realmente viver o Evangelho genuíno deixado por Jesus eu serei o primeiro a visitar a Igreja Católica.Quem vos escreve é um ex-católico que apesar de tudo é muito grato pelo ensinamento básico das Sagradas Escrituras que aprendeu na Igreja Católica.

  10. E o que dizer do quadrado-redondo da doutrina maniqueísta, tão combatida por Santo Agostinho, hoje ressuscitada em forma de doutrina da predestinação que essas igrejas que se julgam superiores aos pentecostais, professam? Nunca vi blogs se dizentes 'apologéticos' inserirem tais igrejas que professam tal aberração teológica no rol das igrejas antibíblicas! Ficam com um bom mocismo político e cometem incoerência em seu discurso quando descem a lenha nas igrejas pentecostais e neos. Pior: o Senhor mandou expulsar demônios e curar enfermos; então estou curioso: como que essas igrejas da reforma, que se ufanam melhores que as outras porque trazem debaixo do braço a tal Carta de Westminster fazem? Ao se depararem com um possesso jogam a carta de westminster na cabeça do endemoninhado? Recitam tal carta a fim de curarem enfermos? Ora, como podem se dizer igrejas bíblicas? Na verdade em nome de uma suposta ortodoxia, "sã doutrina", acabam impondo o seu legalismo em detrimento da própria Palavra de Deus! Eis a questão. Concluo então que a igreja Universal com toda a sua meninice, sal grosso, fogueira santa, copo de água, caneta ungida é muito mais bíblica que essas igrejas 'da reforma', do Sir Calvino porque justamente cumprem o que expressamente mandou o Senhor: expulsar demônios e curar enfermos. Agora, é verdade que a Igreja de Cristo fora fundada bem antes da reforma, de Sir Calvino e CIA.

  11. Olá Júlio;
    Antes de comentar, gostaria de dizer que não consigo mais acessar o blog julioseveroblogspt.com, pois sempre que tento trava meu PC e o problema é no Google e não no meu PC.
    Ao texto própriamente dito, eu posso afirmar que a Teologia da Missão Integral é mais diabólica que a TL, pois a Igreja Católica Romana (não os católicos), mais cedo ou mais tarde vai ter que se dobrar ao seu propósito romanista, pois o rótulo cristão dela vai ter que cair, pois assim que as profecias começarem a se cumprir a ICR não mais resistirá e se dobrara a Constantino novamente, para isso basta ver a omissão do papa Francisco diante Dilma Rouseff que assinaria uma lei favorecendo o aborto e ele se omitiu vergonhosamente, mas a igreja evangélica que representa Cristo, ou seja, os que como eu e a maioria dos leitores do blog que tem Jesus Cristo no coração e O confessará para sempre, seremos nós os alvos verdadeiros da tal Teologia da Missão Integral, mas para um calvinista, mesmo os mais santos é difícil compreender tal coisa, pois para a maioria deles não houve conversão, pois muitos nasceram em lares calvinistas e ainda bebes foram batizados, dispensando assim um encontro mais profundo com Jesus Cristo que hoje só se dá pelo Consolador.
    Um exemplo claro posso citar agora, pois o Caio Fábio (http://www.youtube.com/watch?v=IAuSlDTw0go) lançou um novo modelo e vários cristãos calvinistas sinceros o está seguindo, pois o tal apóstata assume ser alcoólatra e por fim se diz ex-evangélico e ainda abomina os sinceros cristãos, os colocando na vala comum dos enganados, que felizmente é uma minoria entre os neopentecostais que verdadeiramente fazem besteiras, mas não são a maioria como quer fazer crer o tal apóstata.

  12. Frequentei a ABU – Aliança Bíblica Universitária, no tempo da faculdade. Lá, vi que o órgão sofria grande influência presbiteriana e influência socialista. Ao contrário do que pensei, os presbiterianos não eram bíblicos, fundamentalistas, mas liberais e, por conseguinte, ligados a ideias socialistas.A gente não podia fazer proselitismo, é como se tivéssemos vergonha de ser evangélicos. Em contrapartida, os católicos que se reuniam, eram fieis à sua doutrina e não escondiam suas origens, andavam com camisas com símbolos católicos, cruzes, etc.Nós tínhamos que falar de coisas gerais, amor, amizade… a palavra "social" era bastante usada. Isto foi nos anos 1990 – 2000.Marcelo HenriqueJoão Pessoa-PB

  13. Júlio, Júlio, vc é um desconhecedor das coisas! Não pense que o único erro do calvinismo é seu estritende e doentio cessacionismo. Outros protestantes históricos rejeitam muito mais pontos dos calvinistas. Aconselho você, que nada conhece de calvinismo, a conhecer esta vertente protestante que tem sequestrado a Reforma. A VERDADE SOBRE O CALVINISMO, em duas partes:Parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=ZtDWAkmIQMsParte 2: http://www.youtube.com/watch?v=vUnT4s3WHHs

  14. Boa noite Júlio gostei do seu artigo, eu frequentei uma igreja pentecostal de 2007 até 2010, eu gostei bastante pela forma simples e também pelos os ensinamentos dos dons do Espírito Santo, revelação e fala em línguas. Mas agora estou voltando a igreja católica tradicional, não a carismática pois vejo muita modernidade dentro dela. Eu sai da igreja por causa das lutas espirituais aqui fora, mas aprendi muito com os petencostais principalmente a lê a bíblia. Através desta artigo e de outros eu alerto as pessoas sobre as ideologias destas filosofias que vem minando a fé cristã pelo Brasil. Eu também faço uma crítica ao modelo capitalista do nosso país. Como faço curso de pedagogia eu conheço um pouco o que vc fala neste artigo, parabéns pela sua coragem em denúncia as idéias de esquerda no meio evangélico, como vejo muitos padres denunciando também padres esquerdistas da igreja católica.

  15. "Estes sinais hão de acompanhar aqueles que creem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados" Marcos 16:16 a 18. Eu prefiro ficar com os ensinos contidos na Bíblia, pois, o que for acrescentado ou diminuído, é cilada do diabo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s