Teologia da Libertação e neopentecostalismo: o grande desafio da igreja evangélica do Brasil

Teologia da Libertação e neopentecostalismo: o grande desafio da igreja evangélica do Brasil

Julio Severo
Tradicionalmente, as grandes teologias, boas ou ruins, vieram da Europa e EUA.
A única grande teologia que veio de fora da esfera europeia e americana foi a Teologia da Libertação, que predomina na América Latina, principalmente no Brasil.

A Teologia da Libertação traz, em roupagem mais ou menos cristã, a ideologia socialista — que, basicamente, coloca o Estado socialista como o grande provedor no lugar de Deus.

A vasta maioria dos cristãos no Brasil, que são pentecostais e neopentecostais, não tem condições de conhecer a realidade por traz das constantes infiltrações socialistas nas igrejas. Eles nem mesmo sabem o que é socialismo. E se tiverem interesse real de saber, o lugar menos indicado para conhecer é a livraria evangélica, com livros vindo de editoras em grande parte na onda dessa ideologia.
Em livreto inédito, traço as origens desse movimento no Brasil e como seus líderes reconhecem publicamente que a única força que conseguiu desafiar a Teologia da Libertação foram as igrejas neopentecostais.
Aliás, a esquerda brasileira admite que as igrejas neopentecostais são hoje o único impedimento para o avanço de sua ideologia esquerdista.
Meu livreto ajudará você a compreender os desafios da igreja evangélica brasileira diante da Teologia da Libertação e o nepentecostalismo.
Faça agora mesmo o download do meu livreto “Teologia da Libertação versus Teologia da Prosperidade”. Faça o download gratuito neste link: http://bit.ly/141EUC7
Divulgue-o na sua igreja e outros lugares.
Envie-o aos amigos.
Publique-o e distribua-o nas igrejas e outros lugares.

17 comentários sobre “Teologia da Libertação e neopentecostalismo: o grande desafio da igreja evangélica do Brasil

  1. Júlio,Ultimamente, a igreja evangélica vem enfrentando escândalos, casos de pastores corruptos (e muitas outras coisas erradas), além das teologias corrompidas (Libertação, Prosperidade e Missão Integral), e os evangelhos falsificados. Enfim, a igreja evangélica do Brasil está passando por uma crise generalizada.Não sei se o meu ponto de vista vai estar 100% certo, mas eu creio que o maior desafio autal para a nossa greja evangélica é a volta à sã doutrina. É preciso retornar aos tempos do evangelho primitivo. Enfim, é preciso preservar a pureza dos ensinamentos cristãos para enfrentarmos as adversidades deste mundo de pecado.Infelizmente, muitos que se intitulam pastores estão preocupados somente com o próprio status pessoal ao invés de se responsabilizarem pelas almas que estão sob seus cuidados. Em outras palavras: está faltando um compromisso sério com a obediência total e irrestrita à Palavra de Deus.Torno a repetir o que eu já postei em vários comentários aqui: quando Jesus voltar, a Sua igreja terá que se apresentar a Ele com as vestes limpas (isto é, sem a mancha do pecado). É como disse o apóstolo Paulo:"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5:26–27)Eu pergunto: o que nós, cristãos, temos realmente feito para preservar a pureza das igrejas (para que elas estejam sendo guiadas somente pelo autêntico evangelho)? Ou melhor, de que forma temos agido contra as heresias que têm contaminado a igreja?O apóstolo Paulo já havia prudentemente alertado sobre os perigos que a igreja iria enfrentar nestes últimos tempos:"Pois eu bem sei que, após a minha partida, surgirão no meio de vós lobos vorazes, os quais não pouparão ao rebanho; E que entre vós mesmos aparecerão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si" (Atos 20:29–30)"Mas tenho receio de que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de algum modo corrompidos os vossos costumes, e se apartem da simplicidade que há em Cristo" (2 Coríntios 11:3)"Cuidado para que ninguém vos faça presa sua, através de filosofias e vãs sutilezas de acordo com a tradição dos homens e conforme os preceitos do mundo, e não segundo Cristo" (Colossenses 2:8)"Mas o Espírito expressamente adverte que em tempos posteriores muitos apostatarão da fé, e darão ouvidos aos espíritos enganadores e às doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1)Eu pergunto: não é exatamente isto o que está acontecendo com a igreja evangélica no Brasil de modo geral?Deixo esta pergunta no ar para alguém responder na primeira oportunidade.

  2. Olá Júlio;Belíssima ideia, pois estava faltando mesmo, pois acredito que vários líderes cristãos estão enganados e acabam sendo "capturado" pela esquerda, sem falar que até hoje o Pr Silas Malafaia que é sem dúvida a maior voz contra os projetos da esquerda no Brasil, mas mesmo assim afirma que vota em pessoas e não em partidos; Sendo essa nossa realidade um bom livro vai servir para ver se os cristãos abram o olho e se transformem em "fundamentalista" pela causa do evangelho como são os fundamentalistas esquerdistas pelas causas deles.Parabéns.

  3. Júlio meu irmão, muito, muito, muito obrigado por essa contribuição. Meu caro, é extremamente importante dar-mos cada vez mais atenção a essa teologia, pois ela tem sido um verdadeiro problema à vida de muitas pessoas e igrejas. Infelizmente a absoluta maioria dos cristãos não conheçem a ideologia por trás desse movimento, até mesmo os próprios líderes, alguns, não sabem onde estão se metendo, mas são "levados" pelos ventos de doutrinas daqueles que falam em pról de sí mesmos.Vou acrescentar imediatamente suas informações.

  4. Acabei de ler uma notícia no site da Revista Veja que Waldomiro Santiago está tentando uma audiência com Lula, ele quer pedir ao ex-presidente e lobista que ajude a abrir caminhos para a instalação de mais templos de sua seita IMPD no continente africano. Segundo lá está escrito, em troca do apoio a seu projeto financeiro (que de espiritual não tem nada) ele (Waldomiro) apoiaria a reeleição de Dilma. Mais uma vez vemos um "líder evangélico" fazendo aliança com o demônio apenas para seu próprio deleite. Ele não aprendeu com os exemplos de Malafaia, Feliciano, Bezerra e outros. Triste fim terão estes usurpadores do nome de Deus se não se arrependerem e pedirem perdão a Deus, pois se aproxima o dia do julgamento final.

  5. Olá Júlio,Está ocorrendo algo que talvez seja interessante olhar de perto como causa pró família. Penso que você é a pessoa mais indicada para isso.Estão destruindo a saúde, educação e segurança que deveriam dar a tranquilidade para as famílias de trabalhadores produzirem. Além dos professores e policiais que já foram desvalorizados ao extremo, agora é a vez dos médicos.Oferecem salários miseráveis aos médicos em concursos públicos federais e, como os médicos procuram melhores opções na iniciativa privada, agora dizem que não tem médico no Brasil e querem importar 6000 médicos de Cuba.Estes 6000 médicos de Cuba, entenda-se abortistas, praticantes de eutanásia, altamente habilitados para a campanha comunista de engenharia social. Ou seja, com nossos impostos vamos pagar a propaganda comunista anti vida e anticristã.Como resultado aos profissionais haverá ainda maior desvalorização da profissão gerando o famoso "suicídio de classe" defendido por comunistas como Paulo Freire e outros gramscianos.Sabemos que, tradicionalmente, as classes profissionais mais importantes no Brasil são os professores, os médicos, os advogados e os militares ou profissionais de segurança em termos mais resumidos. Professores e os profissionais de segurança estão, cada vez mais, sendo levados ao "suicidio de classe". Os advogados estão na fila com a oposição às provas da OAB e quem está na vez são os médicos com essa invasão de comunistas para saturar o mercado de trabalho. Ninguém garante que estes 6000 serão a primeira leva. Talvez começe a ocorrer uma colonização de especialistas comunas o que daria ao militantes antivida o apoio do argumento pelo apelo à autoridade de tais sujeitos em situação privilegiada e que serão vistos como os "altruistas salvadores da pátria".Me parece que essa é uma ameaça importante. Se puder, verifique e faça considerações sobre o assunto.Fique na paz de Deus.

  6. Olá Marco Teles!fiquei muito curioso com o que vc disse sobre os médicos. Vc poderia me passar algun link falando a respeito do assunto? Eu gosto de me interar nessas questões ideologicas.Abraços!

  7. Só posso dizer muito obrigado vou dar uma olhadinha que gentil você disponibilizar os enganos da teologia da libertação e que tá por detrás disso a "esquerda evangélica" aff.Ester

  8. Júlio,Venho acompanhando este seu blog já há algum tempo. Eu posso dizer que é um canal esclarecedor e abençoado, e que sempre mantém todos os cristãos informados de tudo o que acontece no Brasil e no mundo.Não sei se você vai concordar com o meu ponto de vista, mas eu vou dizer o que eu penso (você pode até me corrigir se, por acaso, eu estiver errado).O que eu gostaria de dizer é o seguinte: o assunto que você postou neste artigo é de crucial importância para as igrejas atuais. Infelizmente, pelo fato de muitas dessas mesmas igrejas não estarem seguindo somente os ensinamentos da Palavra de Deus, a maioria delas está se deixando influenciar por qualquer doutrina (como o apóstolo Paulo adverte em Efésios 4:14). Em outras palavras: está faltando um compromisso sério de muitas igrejas que se dizem cristãs com a obediência à Palavra de Deus. Está havendo falta de vigilância contra as investidas do diabo.Devido a essa "confusão teológica", muitas pessoas não estão sendo orientadas de forma correta, ou seja, estão pondo em dúvida a veracidade da Palavra de Deus (e estão se deixando levar por muitos falsos ensinamentos).Se você me permite, eu gostaria de dar uma sugestão: que você mostrasse, dentro da Bíblia, os erros de cada uma dessas teologias distorcidas (Libertação, Missão Integral, Prosperidade, e outras) e dissesse qual a verdadeira teologia que uma igreja que se diz cristã deve seguir para orientar os seus fiéis. O que você acha desta idéia?Espero uma resposta da sua parte na primeira oportunidade (e fica aí a sugestão para a sua análise).

  9. Respondendo ao presbítero Valdomiro, ao Trindade, ao Will Filho, ao Nielson, à Ester, ao Élquisson, e ao pastor Caleb,Eu começo este meu comentário fazendo 7 perguntas muito simples, mas também muito diretas (escolhi este número, porque é o número que representa a perfeição de Deus):1 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que exige santificação dos seus membros, que obedece somente à Palavra de Deus, que combate com firmeza o pecado, que não tolera as coisas mundanas dentro dela, e que não compactua com heresias, nem falsos profetas (e nem outras teologias e outros evangelhos)? Ou é a que aceita todo tipo de gente, que adota o "politicamente correto" (mas biblicamente imoral) para agradar aos homens e ao mundo, que tolera os "modernismos" (leia-se sujeira) do mundo, e que deturpa a Palavra de Deus para a conveniência de alguns?2 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que zela pela obediência total e irrestrita à Palavra de Deus, que mostra o homem como alguém perdido que precisa urgentemente de um Salvador? Ou é a que prega um evangelho mais "humanista", onde o homem convive naturalmente com o pecado (e não sente nenhuma necessidade de arrependimento)?3 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a vê o mundo em oposição a Deus? Ou é a que se alia ao mundo (e à sua sujeira) e fica contra Deus?4 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que está disposta a ser perseguida (ou sofrer) por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra (João 15:10)? Ou é a que faz a "política da boa vizinhança" para agradar a tudo e a todos (inclusive o diabo e seus escravos)?5 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que prefere ser reprovada pelos homens (mas aprovada por Deus)? Ou é a que agrada aos homens (e desagrada a Deus)?6 – Qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que prega que Jesus é o Senhor de todas as pessoas e de todas as igrejas (e que todos, um dia, estarão diante Dele no juízo final para serem julgados)? Ou é a que negligencia a necessidade de arrependimento e de salvação para os que congregam nela?7 – Enfim, qual a verdadeira igreja de Jesus: é a que fala diretamente as verdades dolorosas que muitos estão precisando ouvir (e adverte a todos sobre a inevitável justiça de Deus no juízo final)? Ou é a que diz que Deus é somente amor (e só prega o que for agradável para quem estiver ouvindo)?Com base nesses questionamentos, o possível diagnóstico que se pode fazer de muitas pessoas e igrejas que se dizem cristãs é o seguinte:– A igreja cristã, atualmente, parece estar impotente e anestesiada diante do domínio praticamente total e absoluto do pecado em todo o mundo. Mas o pior disso tudo é que, ao invés da igreja mudar o mundo, é o mundo quem está mudando a igreja. Em outras palavras: muitas igrejas (inclusive as que se dizem cristãs) estão tolerando a sujeira do mundo no seu interior (ao invés de permanecerem firmes no combate ao pecado).– Está sendo muito difícil, ultimamente, achar, dentro de algumas igrejas, cristãos autênticos (que tenham compromisso somente com a obediência à Palavra de Deus). Os mártires da fé cristã não hesitaram quando foram obrigados a escolher entre o pecado e a morte. O lema deles era este: "Antes morrer do que pecar". Eles permaneceram firmes nas suas convicções, e acreditavam que esta corajosa decisão que tomavam agora certamente será lembrada no tribunal divino. Este é o doloroso preço que o verdadeiro cristão tem que pagar pela sua luta contra o pecado.Diante de tudo que foi dito aqui, eu pergunto a todos:– Quem, nos dias de hoje, estaria disposto a ser uma voz profética firme e forte (como Elias ou João Batista) para denunciar e combater todo e qualquer pecado?– E, principalmente, quantos hoje fariam como os fiéis da igreja de Esmirna (que, por amor a Jesus e à verdade da Sua Palavra, aceitaram a morte sem nenhum medo)?Se alguém quiser alguma coisa ou puder responder a estas perguntas na primeira oportunidade, ficarei agradecido.

  10. Concordo com o irmão, a igreja precisa voltar para o evangelho primitivo. Mas pensemos uma coisa. Qual é o evangelho primitivo? De acordo com Hebreus, o evangelho mais antigo é aquele que foi pregado no deserto à congregação de Israel. Este evangelho é a lei de Deus. Após serem resgatados, sem mérito algum, de um reino de escravidão, pecado e morte, a congregação dos filhos de Israel e a multidão de gentios que se uniram a eles receberam a as instruções de como eles deveriam conduzir suas vidas sendo cidadãos de um novo Reino onde impera a santidade. A lei de Deus e a constituição do seu Reino; e ela que nos ensina como conviver em sociedade, como nos comportar uns com os outros e como Deus deseja ser adorado. Com o passar dos anos essa constituicão foi completamente corrompida e anulada pelas milhares de PECs que foram adicionadas a ela, transformando as palavras que sairam diretamente da boca de Deus em simples práticas e tradições de homens. Quando Jesusveio ao mundo, a própria palavra se fez carne com o propósito de restaurar a constituição ao seu estado original. Durante todo seu ministério Jesus pregou o Evangelho do Reino, buscando cancelar todas as leis humanas (PEC) que tinham tornado a Lei de Deus vazia. Jesus instruiu seus discípulos de que este Evangelho do Reino deveria ser pregado a todas as nações e só então viria o fim.Jesus é a porta que nos conduz ao reino de Deus, mas uma vez lá devemos nos comportar de acordo com a constituição desde reino ou corremos um sério risco de sermos colocados para fora do mesmo. Este é o evangelho primitivo. A igreja primitiva vivia segundo as regras estabelecidas na lei de Deus. Este é o segredo de sua unidade e santidade; a obediência. A lei de Deus os protegia contra a introdução de falsas doutrinas. Se não esteva escrito, não era aceito. Tudo era examinado com cuidado na Lei e nos profetas. com o passar do tempo os homens se sentiram novamente no direito de criarem PECs. As palavras de Jesus e especialmente aquelas de Paulo, foram completamente distorcidas e interpretadas fora de contexto gerando um outro evangelho que não tinha nada a ver com o evangelho do Reino. A constituição foi rasgada e substituída novamente por tradições e doutrinadores de homens que se materializam hoje na forma de mais de 35000 diferentes reinos que nos tempos modernos são conhecidos pelo nome de Denominacoes. A graça de Deus foi completamente corrompida. O murro de proteção criado pela palavra que saiu da boca de Deus, sua Lei, foi jogado ao chão, permitindo assim a introdução de práticas e costumes demoníacos que tem conduzido o povo que foi salvo pela graça a viverem em total desgraça.Precisamos voltar ao evangelho pregado por Jesus, e para fazer isso devemos nos libertar das amarras de tradições de homens que nos enganam por quase 2000 anos com a mentira de que podemos viver no Reino de Deus sem a necessidade de nos submetermos a sua constituição.Jo 14:21 aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, este é o que me ama…1Jo 2:4 aquele que diz: eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não existe verdade.

  11. Você conhece uma igreja chamada Congregação Cristã no Brasil? Eu sirvo a Deus nela, considero ela livre dessas influências por a palavra ser aberta aos domésticos da fé sem necessidade de formação teológica. Inclusive nossos cooperadores e anciões são levantados por oração e eu tenho visto o operar de Deus. Gostaria de deixar aqui meu elogio pelo seu trabalho, cujo o qual é de grande importância contra a doutrinação anti família e doutrinação marxista nas escolas e na sociedade em geral, só acho que seria bom se houvesse vídeos que pudesse cativar as pessoas que não estão atentas a lerem artigos como nos que já percebemos o processo que nossa sociedade está passando. Gostaria, também, de fazer uma pergunta: na sua opinião em que área ou melhor que tipo de especialização uma pessoa pode fazer no Brasil para trabalhar contra essa revolução em andamento.

  12. Caro irmão, Julio Severo,Teria como o sr colocar à disposição os dois livros "TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO versus TEOLOGIA DA PROSPERIDADE" e "O MOVIMENTO HOMOSSEXUAL" em plataformas mais populares, a fim de que mais pessoas tivessem acesso a eles? Sugiro o 4shared.com. Eu, por exemplo, até hoje não consegui acessar nenhum dos 02 livros. Conheço seu problema, e pediria que, algum de seus leitores, que já tenham esse livro, os disponibilizasse em um provedor mais acessível.OBRIGADO.PS.: Já tenho "A Estratégia (The Agenda)" – O plano dos homossexuais para transformar a sociedade – Rev. Louis P. Sheldon. Porém, uma obra brasileira de igual nível ou superior como a sua, não há nenhuma disponível no mercado, que fale exatamente da nossa realidade.

  13. Oi, Joel! Para baixar o livro, basta vc fazer a mesma coisa que vc faz nos outros sistemas de compartilhamento: abra um conta ali. Vc pode usar seu perfil de Facebook ou Twitter. É tão fácil quanto o 4shared.

  14. A Teologia da Prosperidade verdadeira é essa: Lições de negócios dos Antigos Rabinos oferece conselhos sobre negócios que subsistem há milhares de anos. Enquanto os modismos empresáriais vêm e vão, as antigas lições do Talmude são eternas, profundas, éticas e práticas – e para todos.Clássicos como A Arte da Guerra, de Sun Tzu, e O Príncipe, de Maquiavel, são agora leitura comum nas escolas de administração, mas o Talmude (do hebraico Talmud, "estudo") tem sido esquecido, principalmente devido ao seu grande volume – 2,5 milhões de palavras -, e à crença errônea de que é uma obra religiosa, mística ou sagrada. Escrito em 500, mas baseado em tradições orais que datam de séculos antes; o Talmude é um amplo manual que trata de quase todos os aspetos da vida – medicina, criação de filhos, astrologia, leis, alimentos, religião, negócios, bens imóveis, educação, filosofia e matemática -, transmitidos de geração a geração. Enfatiza os assuntos de negócios porque o comércio, mais do que qualquer outra atividade humana, testa nossa índole moral e revela nosso verdadeiro caráter, e porque os negócios nos oferecem algumas das melhores oportunidades de realizar bons atos, como fazer doações de caridade, dar emprego e criar prosperidade em nossas comunidades e no mundo. Em vez de demonizar a riqueza e o comércio, o Talmude nos ensina a tratar o comércio como uma maravilhosa oportunidade de aperfeiçoamento, desafiando-nos a pensar no trabalho e no dinheiro fora do enfoque limitado do egoísmo. Valores, Prosperidade e o Talmude é um guia conciso dessa filosofia de negócios comprovada. Além das questões básicas relativas ao dinheiro, inclui conselhos do Talmude sobre problemas complexos de relacionamento patrão-empregado, sociedades, concorrência e muito mais.Fonte: http://www.sefer.com.br/details/5002/valores-prosperidade-e-o-talmude

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s