A Bíblia apóia o aborto, afirma grupo cristão esquerdista

A Bíblia apóia o aborto, afirma grupo cristão esquerdista

Myles Collier
Alguns cristãos progressistas têm recentemente aprovado a interpretação de uma ideia apoiada pela Bíblia que envolve aborto e o momento em que a vida começa de fato.
O blog cristão The Christian Left (A Esquerda Cristã) recentemente afirmou que a Bíblia não proibiu o aborto e que Deus nem mesmo afirmou quando a vida realmente começa. Suas reivindicações, entretanto, estão causando grande controvérsia com uma comunidade cristã maior, que acredita que o grupo religioso progressista está distorcendo as passagens da Bíblia para apoiar o aborto.

A primeira passagem que é usada para isso vem de Gênesis 2:7 – Deus “soprou em suas narinas o fôlego da vida e o homem foi feito alma vivente”.

Outra passagem que foi usada nesse contexto foi em Jó 33:4, que afirma: “O Espírito de Deus me fez; e a inspiração do Todo-Poderoso me deu vida”.
O grupo progressista afirma que o ser humano não foi verdadeiramente formado ou “vivo” até que o primeiro suspiro tenha entrado em seus pulmões e que a criança foi capaz de respirar por si mesma.
Muitos líderes religiosos, contudo, argumentam que a vida começa no momento da concepção, e afirmam que só porque a forma vivente esteja dentro do útero não há razão para considerar que o feto não esteja vivo e sujeito à eliminação.
A filosofia progressista também pula para a conclusão de que matar um feto vivo não é o mesmo que matar um ser humano, ignorando o fato de que é provado que o feto sente dor na gravidez, bem como tem um coração em desenvolvimento que bate.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:

11 comentários sobre “A Bíblia apóia o aborto, afirma grupo cristão esquerdista

  1. Os comunistas são comedores de criancinhas?(por veritasliberabitvos.wordpress.com)A origem desta frase é o genocídio conhecido como “Holodomor”, cometido por Stálin na Ucrânia, de 1932 a 1933, contra os camponeses que não aceitavam a imposição do regime comunista. A seguinte descrição é do artigo “El hambre como arma política” (Jonathan Wilde, tradução minha):“O efeito foi a fome, massiva e prolongada. Morreram milhões de pessoas, simplesmente porque não tinham o que comer. O aspecto característico das crianças era esquelético e com o abdômen inchado. Conta-se que as mães abandonavam seus filhos nos vagões dos trens que iam às grandes cidades com a esperança de que alguém poderia cuidar melhor deles. Desafortunadamente, as cidades estavam inundadas de miséria e fome. Os ucranianos passaram a comer folhas, cães, gatos, ratos, pássaros e rãs. Quando isto não era mais suficiente, passaram ao canibalismo. Escreveu-se que ‘o canibalismo era tão comum, que o governo imprimiu cartazes que diziam: comer a seus próprios filhos é um ato de barbárie’ (Stephane Courtois, Livro Negro do Comunismo)”.E como desgraça pouca, para comunista, é bobagem, o capítulo “A maior fome da história (1959-1961)”, do mesmo Livro Negro do Comunismo, conta o que Mao Tse Tung ofereceu ao povo chinês:“E, como no Henan, os casos de canibalismo são numerosos (63 reconhecidos oficialmente), em especial através de ‘associações’ onde as pessoas trocam seus filhos pelos dos outros, para os comerem”.Assim, o regime comunista destruiu algo muito mais importante que a economia dos países em que desgraçadamente foi implantado: DESTRUIU A ALMA DESSES POVOS. Marx, ao induzir os povos a abandonarem a religião, chamando-a mentirosamente de “ópio do povo”, não os jogou para o ateísmo, mas para o mais cruel SATANISMO. Fato previsível, pois o próprio Marx era um satanista.Portanto, ninguém seja tão vil de afirmar que os comunistas não são comedores de criancinhas!

  2. Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe.Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.Graça e paz, Julio Severo.O que dizer então desses versículos abaixo? Será que com a leitura deles, tal grupo "cristão" esquerdista, ainda sustentaria tais afirmações? "Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra.Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia." (Salmos 139:13-16)Irmão Marcos.

  3. Se houvesse uma verdadeira preocupação com os direitos das mulheres (no sentido real da palavra), deveriam ser denunciados os casos de mulheres que tiveram (e ainda têm) seqüelas de abortos mal feitos (ou das que morreram em decorrência disso).O direito que toda mulher deveria ter é o de uma assistência médica de boa qualidade antes, durante e após a gravidez. Mas o mais importante seria conscientizar a todas elas sobre o direito à vida que o bebê tem, ou seja, preservar a vida ao invés de incentivar o aborto.Uma criança não pode ser culpada de nada, pois ela não pediu pra nascer, não pediu pra vir ao mundo por causa de um ato impensado de pessoas que não foram preparadas para assumir a responsabilidade de criar um filho.E digo mais: O ABORTO É UM CRIME CONTRA UMA VIDA INOCENTE E INDEFESA, É UMA GRAVE OFENSA CONTRA A LEI DE DEUS! O PRÓPRIO DEUS DISSE: "NÃO MATARÁS" (ÊXODO 20:13)Espera-se que esta mensagem "desperte" os políticos da nossa bancada evangélica (que tem sido omissa no combate ao pecado)!

  4. Faço das palavras do presbítero Valdomiro as minhas: o aborto é um crime contra uma vida inocente e indefesa. Não só eu assino embaixo o que ele disse, como eu ainda acrescentaria mais um ponto: o aborto é um verdadeiro assassinato! Quem pratica o aborto é culpado diante de Deus!Infelizmente, devido ao fato das pessoas não serem educadas para assumirem a responsabilidade de enfrentar uma gravidez indesejada, não é de se espantar que haja numerosos casos de aborto em todo o mundo. Isso sem contar os abortos que são "patrocinados" por certas políticos (principalmente os esquerdistas, marxistas, comunistas e socialistas) ou certos grupos (como a Federação Internacional de Planejamento Familiar).Não sei se muitos vão concordar comigo, mas minha opinião é esta: quem deve decidir o número de filhos de uma família é o casal (o marido e a mulher), e não permitir que isso fique a cargo de pessoas ou entidades que se dizem "especializadas". É melhor agir assim do que querer legalizar o aborto.P.S: Se alguém daqui quiser se manifestar, esteja à vontade

  5. A fumaça de Satanás já entrou em quase todas as igrejas. Já quase não resta do conhecimento das Escrituras e o temor e tremor a Deus.Assassino(a)s e covardes, (as)os que matam friamente, promovem e incentivam o assassinato de crianças no útero materno ou fora dele. Se não se arrependerem profundamente,QUE QUEIMEM COM OS DEMÔNIOS NAS PROFUNDEZAS DO INFERNO, ETERNAMENTE!

  6. Biblicamente, é uma tese absurda, e parece coisa escrita por bárbaros pagãos ignorantes, pois até um leigo sabe que, antes da criança nascer, ELA JÁ ESTÁ VIVA! que covardia, defender um crime hediondo por interesse político, e para piorar, ainda apoiar-se na Palavra! isso é envergonhar o Evangelho e a Igreja.

  7. Distorcer e interpretar a palavra de Deus a sua maneira "errada" ou por você ter se contaminado por conselhos de "sábios e entendidos" não tem temor de Deus com as sociologias, filosofias, psicologias, modismo do mundo humanas e ciências etc.. olha que acontece!!!! Deixar de lado a palavra de Deus bem o que nela tá escrito a bíblia sagrada fala que nos últimos dias teríamos tempos difícies a mente de muitos cristãos e líderes estariam sendo cauterizados e hoje estão dando ouvido a doutrina de demônios isso muito sério minha gente.Só usando a inteligência e parar para pensar que Deus jamais aprovou o aborto ou aprovará a morte de bebês em gestação essa "cultura de morte" para qualquer criatura e que a vida de um ser humano começa no momento da concepção ali não tá uma coisa qualquer e sem importância lógico que não pelo amor da madrugada a idéia do aborto e antiga vê a séculos atrás de pessoas anticristãs e que foram usadas pelo diabo para introduzir a cultura de morte ao redor do mundo com a capa de contracepção e afins né aprendi aqui nos seus artigos irmão a história sobre isso está na raiz do comunismo, socialismo e afins aff.Ester!!!!!!

  8. Gostaria de mudar o foco um pouco, pois acredito que para a sociedade em que vivemos insistir na questão do começo da vida me parece jogar o jogo deles.Eu quero definir o que significa morte e morte significa separação, ou seja, as pessoas choram quando alguém morre não pelo fato físico em si mas pela certeza que futuramente não terão mais essa pessoa próxima deles.Pergunto: O que difere a morte de uma senhora de 85 anos de uma coisa(não chamarei de criança pra evitar a discussão da vida) que está na barriga de uma mulher? Respondo: Nada, em ambos os casos o problema é o mesmo que é a divisão de convívio futuro, não é o caso por exemplo de alguém com morte cerebral, em que a medicina humana não pode fazer mais nada(Só Deus) e declara essa pessoa como morta, pois apesar do coração bater o convívio futuro não poderá mais existir, o oposto acontece com um feto em que o convívio futuro é certo e ainda assim terminado de maneira absurda e cruel.

  9. É facílimo afirmar tal aberração , quando vc já nasceu… Covardes… Bem diferentes daqueles que defendem a vida, e ainda se julgam os tais… Júlio , sinceramente, a leitura dessa notícia me deixou até nauseado , de verdade.Fisicamente enjoado . Pai , quero ir pra casa!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s