Ela inventou tudo! Polícia revela que mulher que afirmou ser vítima de ataque racial colocou fogo em si mesma e rabiscou KKK em seu próprio carro

Ela inventou tudo! Polícia revela que mulher que afirmou ser vítima de ataque racial colocou fogo em si mesma e rabiscou KKK em seu próprio carro

Um assombroso ataque racial alegado por uma jovem de 20 anos de Louisiana parece ter sido uma invenção, com a polícia revelando que ela mesma colocou fogo em si.
Sharmeka Moffitt, que é negra, afirmou que enquanto estava caminhando por um parque domingo de noite, três homens vestindo jaquetas moletons de capuz jogaram gás inflamável nela e infligiram queimaduras graves nela. Ela também disse à polícia que os homens escreveram “KKK” sem seu carro. (Nota de JS: KKK é a sigla de Ku Klux Klan, grupo supremacista branco.)
Sharmeka Moffitt

Contudo, a polícia de Shreveport revelou na terça-feira que encontrou o DNA de Sharmeka na lata de gás inflamável usado para queimá-la e as digitais dela no isqueiro que foi usado para acender o fogo.

Os investigadores também acreditam que foi ela mesma quem escreveu “KKK” no carro dela.
Não se sabe por que ela imolou a si mesma ou relatou que seus ferimentos haviam sido feitos por aparentes supremacistas brancos, disse a polícia.
Extremistas: a Klu Klux Klan (foto de 1977) são supremacistas brancos, conhecidos por queimarem cruzes no quintal de seus inimigos. Os membros usam roupas, máscaras e chapéus cônicos brancos.

Sharmeka permanece em estado crítico no hospital, com queimaduras em 60 por cento de seu corpo.

A família dela divulgou uma nota pedindo desculpas pela mudança inesperada dos acontecimentos.
“Nossa família está devastada de ficar sabendo as circunstâncias envolvendo os ferimentos de nossa filha. Embora essa não seja a solução que estávamos esperando, é uma solução”, disseram eles.
Polícia anuncia que ataque foi farsa

Sharmeka disse à polícia no domingo que os homens jogaram gás inflamável nela e a incendiaram enquanto ela caminhava pelo Parque Civitan por volta das 20h do domingo.

Ela extinguiu o fogo usando água de uma torneira do parque antes da chegada de um policial.
O FBI começou a investigar o ataque como um possível crime de ódio.
As autoridades dizem que Sharmeka afirmou que foi atacada e queimada por três homens vestindo capuzes brancos.
Embora os agressores aparentemente tivessem escrito “KKK” no veículo de Sharmeka, a polícia disse que ela foi incapaz de dizer com precisão se os homens eram negros ou brancos.
Autoridades policiais locais, acreditando que o relato era genuíno na época, disseram que ficaram chocados no parque.
Lester Thomas, chefe de polícia de Winnsboro, disse que ficou “devastado” com o incidente.
Kevin Cobb, delegado de Franklin Parish, chamou o acontecimento de “horrível”.
“Seguiremos os fatos e buscaremos justiça”, disse ele.
A família da vítima montou uma página de Facebook, Orações por Sharmeka Moffitt, e pediu orações pela moça de 20 anos.
O incidente rapidamente se tornou nacionalmente proeminente nos EUA, com vários grandes veículos de comunicação cobrindo o caso.
Leitura recomendada:

4 comentários sobre “Ela inventou tudo! Polícia revela que mulher que afirmou ser vítima de ataque racial colocou fogo em si mesma e rabiscou KKK em seu próprio carro

  1. Fiquei tocada com esse fato… A que ponto estamos chegando! "o ser humano pode se transformar em um bicho "sem noção de nada!! É doentio essa coisa de preconceito… Eu moro em Favela* e falei no meu Blog, mas ñ disse tudo o que sofro por aqui…Ser favelada é complicado (?) Mas Adoro minha Favela! Lê, se puderes, e dá tua opinião sincera a respeito "no meu último post.Obrigada por tantas informações que leio aqui, nem sempre posso vir te ler… Estou na Escola "intervalo p o almoço(¨¨Beiju e boa tarde …

  2. Esta matéria tem haver com realidade. Sou pardo, já fui vítima de racismo não tenho coragem de ir à justiça pois se trata de pessoas muito próxima a mim. Mas também já ví muitas vezes pessoas reclamar de racismo por motivos que não tem nada haver com isso.Eliseu.

  3. Você vê como diabo é sujo faz uma pessoa inventar que foi vítima de "discriminação racial" é depois a polícia descobre que a vítima inventou isso e pior atentou com sua própria vida está agora entre a vida e a morte para isso é demônio do suicídio que tava nessa moça olha onde colocou.A pessoas de cor que for: parda, negra, índia, mestiça seja lá qual for tem que ter auto estima elevada e não dá lugar a esse complexo de inferioridade deixar a sua mente sendo bombardeada pelo próprio diabo com esses pensamentos negativos a porque eu sou assim e assado satanás usa as pessoas para te atacar porque? Vc sentimental, sensível, emotivo, hipersensível coisa do coração por isso necessário o uso da razão a cabeça.As vezes até vc tá pensando que alguém tá te discriminando e as evzes não está porque vc deu a voz e ouvidos ao seu coração lembre-se o coração é "enganoso".Isso se aplica a alguém que nasceu numa família pobre se ela não cuidar da sua auto estima elevá-la a mesma e deixar entrar os complexos de inferioridade: Entrar esses conflitos e questionamentos internos.Porque nasci pobre? A rico não presta e oprime ao pobre? mentalidade distorcida da realidade.Você tá dando lugar ao diabo agir na sua vida colocando esses sentimentos ruins provoca em ti revolta, ressentimento, mágoa, rancor, auto depreciando, infeliz.Isso tbm se aplica se você tem uma deficiência física.Gosto muito daquele hino antigo desde criança eu vibrava cantá-la na reunião e na escolinha etc..:"Quero que valorize o que você tem vc é um ser vc é alguém tão importante para Deus para de ficar sofrendo angústia e dor nesse seu complexo inferior dizendo que as vezes não é ninguém. Eu venho falar do valor que você tem eu venho falar do valor que você tem ele está em vc o ESPÍRITO SANTO SE MOVE EM VOCÊ ATÉ COM GEMIDO INESTEMÍVEL AÍ VC PODE ENTÃO PERCEBER QUE PRA ELE A ALMA E IMPORTANTE É VC POR ISSO LEVANTE E CANTE EXALTA SENHOR VC TEM VALOR O ESPÍRITO SANTO SE MOVE EM VC E VC TEM VALOR O ESPÍRITO SANTO SE MOVE EM VC.Ester!!!!!!

  4. É inegavel que o preconceito ainda exista. Coisa sem conexo o preconceito, se Deus fez pessoas de cores diferentes, ele sabe perfeitamente o que fez, creio que nada do que foi feito por Deus é sem propósito. Agora, essa mulher chegar ao ponto de se mutilar para acusar os outros foi um terror, muito triste isso.P.S.: Escrevi o meu ponto de vista logo quando esse post foi escrito, meu comentário não foi aceito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s