Pastor é condenado por ajudar menina a escapar de “mãe” lésbica imposta pelo tribunal

Pastor é condenado por ajudar menina a escapar de “mãe” lésbica imposta pelo tribunal

Matthew Cullinan Hoffman
15 de agosto de 2012 (LifeSiteNews.com) — Kenneth L. Miller, um pastor menonita que ajudou uma menininha e sua mãe a fugirem dos Estados Unidos para escapar de uma “mãe” lésbica imposta pelo tribunal, foi condenado sob a acusação de “ajudar num sequestro parental”.
Um júri de Vermont deu ontem o veredicto depois de apenas quatro horas de deliberação. Ele está livre enquanto está aguardando a sentença, que pode trazer até três anos de prisão. Joshua M. Autry, advogado do pastor, diz que ele está considerando recorrer.
Lisa Miller e sua filha Isabella

Depois do veredicto, a lésbica Janet Jenkins entrou com uma ação civil contra o pastor pelo papel dele na fuga, que o pastor diz inclui acusações de extorsão e inclui “dez outras pessoas e organizações”.

A ex-lésbica Lisa Miller, que não tem parentesco com Kenneth Miller, fugiu dos EUA com a ajuda do pastor depois do fracasso dos esforços dela para impedir Jenkins de ter acesso a Isabella, filha de Lisa. Jenkins nunca adotou Isabella e não tem nenhum relacionamento biológico com a menina, que exibiu sinais de trauma emocional, de acordo com especialistas que a observaram, depois que o tribunal deu a Jenkins o direito de fazer visitas a força a menina.
Isabella foi concebida por inseminação artificial enquanto Jenkins e Lisa estavam numa união civil homossexual em Vermont. A união foi dissolvida em 2003. Depois do fim de seu relacionamento, Lisa voltou para a religião batista de sua infância e consequentemente renunciou a conduta homossexual. Ela tem criado Isabella com os mesmos valores.
Pr. Kenneth Miller com sua esposa e filhos

Numa carta a um apoiador atribuída a Kenneth Miller e postada no blog Turtle Bay and Beyond por Wendy Wright do Instituto Católico da Família e Direitos Humanos, o pastor responde ao veredicto com serenidade e determinação.

“E quanto a todas as orações vindas do mundo inteiro hoje que não foram respondidas? Ou será que elas foram respondidas? Irmão, digo sim, mil vezes SIM. Elas foram respondidas”, escreve o pastor. “Em primeiro lugar, eu e minha família estamos sentindo um sustento muito incrível de todas essas orações do mundo inteiro. Não consigo entender racionalmente, mas estamos felizes no meio de uma condenação e agora de um processo de ação civil”.
“Logo depois que o veredicto foi lido, enquanto estávamos sentados ali tentando assimilar tudo aquilo, Sara Starr [a advogada de Janet Jenkins], que Deus a abençoe (e estou falando sério), foi até o lugar onde eu estava e me entregou outro documento legal que me acusa junto com cerca de 10 outras pessoas e organizações de várias acusações de extorsão com relação ao desaparecimento de Isabella. Isso deveria ter acabado comigo, mas em vez disso senti uma calma e paz que a mente não consegue compreender. Neste exato momento, estou pronto para ir para a cama para uma boa noite de sono. E tenho a intenção de ter um bom sono mesmo”.
Os apoiadores do Pr. Kenneth Miller estão informando o público sobre o julgamento e levantando dinheiro para defendê-lo através do site Millercase.org.

4 comentários sobre “Pastor é condenado por ajudar menina a escapar de “mãe” lésbica imposta pelo tribunal

  1. Ex-lésbica. É triste quando deparamos com as consequência do pecado. Está aí afligindo uma criança, um pastor e sua família. Apesar de tudo, bom é que Miller e sua filha tenham sido salvas. Glória a Deus pela vida desse pastor, que certamente colherá seu galardão.

  2. Isso mostra como a Palavra de Deus é maravilhosa e ao seguirmos os mandamentos de Deus somos livres do sofrimento. se Deus proibiu, é porque não é bom e vainos fazer mal. E tambem vemos neste caso, quanto mais uma pessoa mergulha no pecado, mais dificil fica para lidar com as consequencias depois.

  3. Olá Júlio; E pensar que os EUA já foram o pais de maior influência evangélica no mundo. Resta uma pergunta: Os ameircanos areditam que com esses valores eles vão ser uma potência mundial até quando?Fica o exemplo para os cristãos brasileiros, são esses valores atuais dos americanos que queremos para nós? Se não esta ma hora de mudarmos esse jogo, começando pela próxima eleição.

  4. Bom dia! Irmão isso só mostra como a justiça está se aliançando ao erro e ao grupo mais intolerante da história da humanidade os homossexuais e suas vertentes eles se fazem de vítimas mais eles que são os verdadeiros carascos das pessoas que a grande maioria só porque tem uma opinião CONTRA A PRÁTICA HOMOSSEXUAL A LEGALIZAÇÃO DE "CASAMENTO GAY" E QUE TEM SUA BASE NA FÉ CRISTÃ E NA BÍBLIA SAGRADA QUE FALA SUA POSIÇÃO CONTRA DIREITO DE TODO MUNDO NÃO CONCORDAR SOBRE O ASSUNTO AUTOMATICAMENTE VOCÊ JÁ E TACHADO DE HOMOFÓBICO.E A SITUAÇÃO DESSA EX LÉSBICA É PIOR AINDA PORQUE A "EX MULHER" DELA AGORA QUER PERSEGUI-LA TOMAR E A FILHA DELA OLHA QUE LOUCURA NÃO DÁ MULHER QUE ELA VIVIA NÃO É MÃE E NEM PAI "MULHER COM MULHER" E NEM "HOMEM COM HOMEM" NÃO FAZ FILHO QUE A EX DA EX LÉSBICA QUER TER A FILHA DELA AFF ISSO ABSURDO E INJUSTIÇA SEM CABIMENTO ELA NÃO TEM DIREITO DE REVINDICAR NADA A FILHA DA LISA. PARA GRUPO HOMOSSEXUAL ÓDIO TRIPLO PORQUE ELA SAIU FORA DESSA VIDA DE HOMOSSEXUAL PORQUE CONHECEU A VERDADE DA PALAVRA DE DEUS A FÉ CRISTÃ E A LIBERTOU PORQUE ELA ABRIU CORAÇÃO PARA DEUS PARA TRANSFORMÁ-LA ELES NÃO SÃO NADA TOLERANTES QUEM SAI DO GRUPO DELES E DA PRÁTICA PORQUE CAI A TESE DELES QUEM PESSOA NASCE HOMOSSEXUAL VAI MORRER ASSIM ISSO MENTIRA.Quanto ao pastor ajudou a Lisa fugir não tenho dúvida que Deus vai dar o escape pra ele essa sentença foi maior injustiça de todos os tempos que crime ele cometeu de proteger uma mulher com a sua filha da fúria implacável de uma ex caso lésbico dela vivia querendo tirar a filha legítima dela aff faça me favor fica meu protesto.Ester!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s