Governo cria comitês para enfrentar “homofobia” da população

Governo cria comitês para enfrentar “homofobia” da população

Julio Severo
A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) iniciou parceria com o Conselho Federal de Psicologia (CFP) para , conforme anúncio hoje em Brasília, criar Comitês Estaduais de Enfrentamento à Homofobia. Essa iniciativa é em comemoração da data de hoje, que é o Dia Mundial do Orgulho LGBT “Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais”.
Hoje, o CFP obedientemente se ausentou de uma audiência no Congresso Nacionalpara discutir sua medida autoritária de proibir profissionais de psicologia de atender pessoas que querem deixar o vício homossexual. A ausência do CFP ocorreu por “sugestão” de Toni Reis, presidente da ABGLT, que enviou um ofício ao presidente do CFP.
Com a parceria entre governo petista e CFP, o quadro se inverteria. Qualquer pessoa, seja psicólogo ou não, que tentar ajudar um adulto a sair do homossexualismo receberá automaticamente o rótulo de “homofóbico”, incorrendo em ameaças e ações do governo.
Governo e CFP também estarão livres para dizer que determinada criança é “homossexual”, criando impedimentos imediatos para os pais que, se tentarem buscar ajuda, serão tratados como “homofóbicos”, merecedores da mira negativa da mídia e das punições do CFP e governo.
Maria do Rosário: determinada a combater a “homofobia”, ou oposição ao homossexualismo, de 99 por cento dos brasileiros

De acordo com a ministra Maria do Rosário, os comitês terão como principal missão monitorar e fortalecer a implementação das políticas governamentais a favor do supremacismo gay. Os comitês acompanharão denúncias de “homofobia” e intervirão para que não haja impunidade no caso de pessoas acusadas desse rótulo. A partir do momento em que uma pessoa for acusada de “homofobia”, os comitês moverão toda a máquina governamental contra ela. A não ser que a maior da população se acovarde e mude de posição da noite para o dia, o governo terá um trabalho imenso.

A meta dos comitês será reverter esse quadro, que o governo julga deplorável.
Os comitês serão criados em parcerias com os governos estaduais, conselhos regionais de psicologia, comissões de direitos humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Ministério Público estadual, poder judiciário, Defensorias Públicas, comissões de direitos humanos das Assembleias Legislativas, e os movimentos sociais. Além dos comitês estaduais, também será criado um comitê nacional, que coordenará em todo o Brasil ações governamentais para enfrentar e erradicar a “homofobia”, ou oposição ao homossexualismo, de 99 por cento dos brasileiros.
Com informações do O Globo.

10 comentários sobre “Governo cria comitês para enfrentar “homofobia” da população

  1. De acordo com o pensamento politicamente correto do governo (e dos homossexuais), ser homofóbico é:– ser contra o homossexualismo (e contra qualquer outra imoralidade);– obedecer somente à Palavra de Deus;– pregar contra o homossexualismo;– ser contra as "paradas gays" e contra o casamento homossexual;– não aceitar a agenda gay (nem a doutrinação gay para as nossas crianças);– não tolerar o pecado. Se ser homofóbico significa ser tudo isto, então eu posso dizer com todas as letras (e com muito orgulho): eu sou homofóbico (com "H" maiúsculo).Podem fazer qualquer lei ímpia que obrigue a todos (até mesmo com ameaças de morte) a aceitarem o homossexualismo, mas, ainda assim, eu nunca irei me curvar aos desejos do diabo e dos homossexuais. Eu, como cristão, sempre prego (e sempre continuarei a pregar) contra o pecado. Nunca vou deixar de dizer que o homossexualismo é pecado (não estou nem aí para o que os homossexuais vão pensar de mim). Eles podem me prender, me perseguir, e fazer o que quiserem (eu não me importo). Mas eu tenho meus princípios morais e cristãos com os quais eu fui criado, e desses mesmos princípios eu NUNCA vou abrir mão. Adoto comigo o mesmo lema dos antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar". Faço como disse o apóstolo Pedro:"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)A lei de Deus é soberana, eterna e imutável. Para Deus, pecado (seja qual for, inclusive o homossexualismo) é pecado sempre (e ponto final). A lei de Deus nunca irá se sujeitar (ou "se adaptar") aos tempos modernos ou ao "politicamente correto" do governo, dos homossexuais, dos abortistas, dos falsos profetas, e dos falsos evangelhos. A lei de Deus não foi feita para agradar aos homens (e nunca irá se sujeitar a homem nenhum). A respeito da lei de Deus, Jesus foi taxativo:"Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar, mas para cumprir. Pois em verdade Eu vos digo que, até que passem os Céus e a Terra, nenhum i ou til jamais passará da lei, sem que tudo se cumpra" (Mateus 5:17–18)De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus voltará um dia para julgar a todos (inclusive os homossexuais e seus cúmplices). O próprio Jesus garantiu:"Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã" (Apocalipse 22:10–16)Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas, como quase sempre acontece na maioria das vezes, eles não me deram ouvidos. Muitos me xingaram de homofóbico (e de outros nomes feios que eu nem vou publicar aqui, por uma questão de educação), enfim, me insultaram de tudo quanto é jeito.Só sei de uma coisa: estou com a minha consciência tranqüila (até porque eu já fiz a minha parte). Cumpri com o meu dever de cristão (que é pregar contra o pecado). Se, mesmo assim, esses homossexuais não quiserem se converter, é problema única e exclusivamente deles. No dia do juízo final, será cada um por si diante de Deus na hora de prestar contas. É como alertou o apóstolo Paulo:"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)Se os homossexuais e seus cúmplices quiserem ver para crer, depois não vai ter desculpa de falta de aviso!

  2. Ha,ha,ha…só rindo mesmo; autoridades querendo doutrinar a maioria da população? só faltam agora pintar a bandeira brasileira de vermelho e pôr o desenho de um martelo cruzando com uma foice porque isto não parece mais uma sociedade democrática, mas já virou nazismo, comunismos e outros ismos..Toni Reis virou sócio ou talvez o dono do CFP, só pode, pois parece instituição privada LGBT.Infelizmente preciso pôr meu nome como anônimo aqui no site quando o assunto é gayzismo, pois lá no Gospel + tive a ousadia de escrever #Força Marisa, e afirmei que homossexualismo pode não ser doença, mas gayzismo com certeza é! rsrsResutado: teve ateu xingando e zombando, e até "evangélicos"(?) me chamando de fariseu, que não tinha amor,blá,blá,blá…Graças a Deus pelos cristãos corajosos como Marisa e outros que sofrem por amor ao Senhor; a estes dirijo minhas orações e solidariedade.Graça e paz do Senhor Jesus a esses.

  3. Mais esse novo projeto de doutrinação da população terá com toda a certeza o apoio incondicional da Rede Globo que aliás tem toda a sua equipe de "jornalistas" mobilizados em favor dessa agenda altamente perniciosa, como é a gay.

  4. O anônimo acima disse que Toni Reis virou sócio ou dono do CFP. É quase isso mesmo. Em verdade, o CFP, como já me contaram alguns psicólogos, foi tomado de assalto por ativistas e simpatizantes da agenda homossexual e do PT.

  5. Sávio,Você está certíssimo. Esse apoio da Globo a favor do movimento homossexual já é mais do que esperado.Todos nós sabemos que a Globo é uma emissora de televisão totalmente a serviço do diabo. A programação dela (vinda diretamente do inferno) só tem destruído os lares de quem assiste o que ela oferece. Só não aceita, não entende e não enxerga isso quem não quer!Apesar da Globo ser a emissora "oficial" deste governo corrupto e dos homossexuais, ninguém pense que as outras (Band, Record, SBT, e outras) são algum modelo de santidade. Quer ver um exemplo? A Record. E quem é o dono da Record? Ninguém mais ninguém menos do que Edir Macedo, o poderoso chefão pró–aborto da Igreja Universal (aqui entre nós: até hoje, a compra da Record pela Universal é uma história que, a meu ver, ainda está muito mal contada). O conteúdo apresentado pela Record é o mesmíssimo da Globo. Em outras palavras: as emissoras são diferentes, mas as programações delas são rigorosamente iguais (não muda absolutamente nada)!Parabéns ao nosso amado irmão Júlio Severo por mostrar ao público certas verdades que a mídia corrupta pró–homossexualismo nunca mostra.

  6. Igualzinho era na antiga URSS e ainda é na China, Cuba e Coréia do Norte: o governo é que determina o que as pessoas devem ou não gostar. Realmente já estamos vivendo uma ditadura comunista-atéia e nem demos pela coisa! E o grande crime e pecado dos homossexuais não o de serem (ou estarem) nesta condição, mas sim o de se deixarem usar como massa de manobra por uma camarilha de subversivos que, infelizmente, chegou ao poder através de uma democracia viciada e que não representa em nada os anseios e necessidades do povo brasileiro. Casa atitude deste governo atesta isto.

  7. Ah sim! Quero acrescentar mais uma coisa: já ouvi de pessoas diferentes e em ocasiões diferentes que a maior parte dos que estudam psicologia o fazem na esperança de resolverem seus conflitos interiores. Alguns poucos conseguem, mas a grande maioria apenas acrescenta ao seu problema um título acadêmico. O CFP, com esta atitude irresponsável, unilateral e anti-científica apenas fortalece este boato dando a entender que, da liderança até aos associados, não há gente madura e curada o bastante para enfrentar conflitos. Fugir e se omitir é mais fácil.

  8. Coisa perigosa esse comitê; se qualquer pessoa for proibida de auxiliar um gay ou lésbica a deixar a homossexualidade, com certeza é um plano focado nos evangélicos na tentativa de barrá-los.Se depender desse governo, as igrejas evangélicas serão abolidas e proibidas de existtir no Brasil.Bem disse Olavo de carvalho, que o Brasil já funciona dentro do sistema socialista usando a máscara da democracia.Ainda acham que é a teoria da conspiração.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s