Julio Severo

>Universidade Mackenzie deveria parar de distribuir Bíblias?

Posted in Mackenzie, Universidade Mackenzie by juliosevero on 28 de fevereiro de 2011

>

Universidade Mackenzie deveria parar de distribuir Bíblias?

Em vez de questionar distribuição de kits gays para crianças de escola, jornal Estadão questiona distribuição de Bíblias em universidade evangélica

Julio Severo
A Universidade Mackenzie deveria parar de distribuir Bíblias para seus próprios estudantes? No que depender dos sentimentos do jornal Estadão, a resposta parece ser sim, de acordo com uma matéria tendenciosa que diz:
Os calouros da Universidade Presbiteriana Mackenzie ganharam no segundo dia de aulas um kit contendo mochila e uma Bíblia com o logotipo da instituição. “É desejo do Mackenzie que você encontre aqui não só conhecimento humano, mas que você conheça a Deus, relacione-se com ele e encontre alegria nesse relacionamento”, diz a universidade no texto de apresentação.
Além do Antigo e do Novo Testamento, o livro, em formato de bolso, traz informações sobre a Igreja Presbiteriana do Brasil, que controla o instituto responsável pelo colégio e pela universidade — descrita como “cristã, fiel à cosmovisão reformada e, ao mesmo tempo, comprometida com um ensino de qualidade, em ambiente de liberdade acadêmica e ausência de discriminação”.
Os novos alunos também foram recebidos pela direção, coordenações de curso e professores. Um dos que deram as boas-vindas foi o reverendo Augustus Nicodemus Gomes Lopes, chanceler do Mackenzie. Em novembro, a universidade publicou em seu site um manifesto assinado pelo líder religioso em que ele se posiciona contra a aprovação do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006, cujo objetivo é criminalizar a homofobia.
Após polêmica na internet e entre seus alunos, a universidade retirou do ar o texto do chanceler. Ele estava no site para “servir de orientação à comunidade acadêmica”. O manifesto desagradou ao Diretório Central dos Estudantes (DCE) do Mackenzie e motivou a realização de um protesto que reuniu cerca de 300 pessoas em frente ao câmpus da Rua Itambé, na região central de São Paulo.
O Estadão parece pensar que não faz sentido uma universidade evangélica distribuir Bíblias para seus estudantes. Nessa lógica, fará sentido uma laranjeira produzir laranjas? Fará sentido uma macieira produzir maçãs?
Mas o problema é mais profundo. O sentimento do Estadão é que já que o Mackenzie cedeu no manifesto anti-PLC 122, por que não também na distribuição de Bíblias? Aliás, o sentimento da mídia esquerdista em geral é que os cristãos têm a obrigação de ceder toda vez que algum grupo de gays, feministas, bruxos ou outros indivíduos politicamente corretos se sentir “ofendido”.
Quando nós nos sentimos ofendidos com as iniciativas agressivas deles para impor a agenda gay em nossos filhos, eles não cedem um centímetro. Mas quando eles se sentem ofendidos com nossas atitudes de proteger nossos filhos contra a agenda gay, eles ainda têm a cara de pau de exigir que cedamos quilômetros.
Ao contrário do Mackenzie, que retrocedeu em seu manifesto anti-PLC 122, provavelmente por causa das pressões e reclamações da forte ala esquerdista que há nessa instituição, os ativistas da agenda gay jamais recuam em suas posições imorais. Pena que entre eles não haja uma ala “conservadora” para fazer barulho e dizer: “Ei, vamos parar com isso! Retiremos tal projeto gay (ou manifesto gay). Estamos violentando a inocência das crianças!”
Kit gay

O famoso e infame kit gay, que o governo distribuirá nas escolas com o pretexto de combater o “preconceito” e a “homofobia”, ensinará as crianças a valorizar o sexo anal dos homossexuais. (Veja este vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=lCsBc0tm6lc) Crianças de todo o Brasil estão para sofrer um sistemático estupro psicológico com a distribuição dos imorais kits gays nas escolas, e o Estadão está incomodado com a distribuição de Bíblias numa universidade evangélica?

O PLC 122, que é o maior projeto de lei anti-“homofobia” do Brasil, provocará paranoias muito maiores, usando igualmente a desculpa do combate à “discriminação” para impor todos os tipos de doutrinação homossexual em todos os níveis da sociedade. E o alvo principal da obsessão anti-“homofobia” são os que Toni Reis tachou de “religiosos fundamentalistas”.
O que é necessário fazer para sofrer o rótulo de “religioso fundamentalista”? Apenas dizer que o sexo homossexual é pecado. Nada mais. Basta dizer isso, e você entra automaticamente para a categoria de “homofóbico”, “fanático”, “preconceituoso”, “incitador de ódio e violência”, “incitador de assassinatos de homossexuais” e mil e um títulos dignos de filmes de terror. Se ficarmos calados, talvez eles parem de nos fazer encolher de medo com rotulações e estereótipos.  
Entretanto, se cedermos sempre às birras deles, chegará o tempo em que precisaremos lhes perguntar: “Eu ainda tenho permissão de dizer que sou cristão?”
“Sim”, dirá o governo e a mídia, “desde que seja sozinho no seu quarto, longe de sua esposa e filhos. Nem seu cachorro deve escutar isso! Por enquanto, você tem plena liberdade de expressão e religião de dizer isso para si mesmo”.
Os ativistas da agenda gay querem distância da Bíblia, pois esse é o único livro que orienta de forma enérgica os leitores a evitar todos os pecados.
Os autores — o próprio governo federal! — do kit gay querem levar crianças diretamente para o buraco do estupro psicológico e físico. O Autor da Bíblia não quer ninguém no buraco.
Por isso, enquanto é tempo — e mesmo fora de tempo —, distribuamos Bíblias, como muito bem fez o Mackenzie. E, enquanto ainda nos resta alguma liberdade de expressão, façamos, sem ceder e sem esmorecer, todos os tipos de manifestos e manifestações contra toda lei que, com o pretexto de combater o “preconceito” e a “homofobia”, quer calar os que discordam da agenda gay e impor selvagemente sobre as crianças uma perversa doutrinação pró-homossexualidade.
About these ads

17 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Anonymous said, on 28 de fevereiro de 2011 at 14:39

    >Que cada cristão verdadeiro entulhe os tribunais com ações para garantir nossa liberdade e nossa fé. E que as igrejas, através de suas autoridades, ajudem financeira e espiritualmente as ovelhas mais desprovidas de recursos, que queiram faze-lo. Se houver isso, os gayzistas e esquerdopatas recuarão, caso contrário a igreja será como Ló em Sodoma e Gomorra.Já passou da hora dos pastores deixarem de lado o farisaísmo dos ornamentos exteriores de suas igrejas, das pregações monetaristas, dos showzinhos gospels, dos clubinhos sociais, enfim das promoções deste mundo; e investirem no que é pão.Arrependam-se! Acordem!

  2. EBDicas - Sergiano said, on 28 de fevereiro de 2011 at 14:47

    >A paz do Senhor Jesus.A mídia, como sempre, querendo agradar ao mundo, utiliza de seus ardis para tentar estragar os projetos de Deus. Mas não conseguirá1Fique com Deus.

  3. Claudia Giron - Revista Gente Nova said, on 28 de fevereiro de 2011 at 15:01

    >Deixei até um comentário lá no Estadão.A Universidade é Presbiteriana! Quem resolve estudar lá, é porque aceita uma orientação dessa linha.É absurdo o que o jornal está fazendo. Se fosse camisinha ou o tal "kit gay", aí jornal nenhum fala contra.

  4. Anonymous said, on 28 de fevereiro de 2011 at 17:23

    >Irmão Júlio, um dos problemas está nas concessões. A universidade já havia sedido na questão do PLC 122 como o próprio artigo menciona. Aí é que está o ponto neuvrálgico. As igrejas e entes cristãos estão cedendo, e o que é pior; sem nenhuma contrapartida. Acaso, por exemplo, os muçulmanos cederiam a isso? É claro que não, aliás demonstrariam ainda mais seu fundamentalismo em defesa de sua tal fé. Vergonhoso que a grande maioria dos cristãos sejam tão sabujos assim. Ser cristão é estar pronto para ser mártir e ninguém sequer ousa em sê-lo. Querem apenas os louros e oba-obas do mundo. Se acovardaram.É como Jesus disse: Quando vier o Filho do homem, acaso haverá fé na terra?

  5. Anonymous said, on 28 de fevereiro de 2011 at 19:01

    >ENDOSSO AS PALAVRAS DOS DOIS ANÔNIMOS. SE PREPARAR ESPIRITUAL E ESTRATEGICAMENTE. O IRMÃO CONHECE ALGUM ADVOGADO ESPECIALISTA E CORAJOSO NESSAS QUESTÕES?

  6. Julio Severo said, on 28 de fevereiro de 2011 at 19:14

    >Conheço sim um excelente advogado cristão, o Dr. Zenóbio Fonseca: http://zenobiofonseca.blogspot.com/Ele tem conhecimento jurídico suficiente para destroçar projetos de lei homossexual. O problema é que não há entidades para patrociná-lo.

  7. Anonymous said, on 28 de fevereiro de 2011 at 19:24

    >Cara, kit gay é uma das maiores aberrações do Brasil! primeiro, nossos filhos são obrigados a estudar em escolas públicos ou particulares, e depois empurram esse kit ridículo.Que malícia do governo propor isso! serpentes! raça de víboras!Não sujeito meus filhos a tais aberrações! meus filhos e filhas não serão homossexuais, não se depender de mim e principalmente da Palavra de Deus.Até.

  8. Anonymous said, on 28 de fevereiro de 2011 at 23:38

    >Patrocinar o Dr. Zenóbio?!?! KKKKK… Preferem patrocinar os pop stars gospel. Ehhh… Julio, a maioria dos pastores estão mto ocupados com as fachadas de suas igrejas, showzinhos gospels, lançamentos de CDzinhos, acampamentozinhos e churrascos "espirituais" além de outras coisas do gênero. ÔÔÔÔ Aleeeluuiaaa!!!

  9. Roberto said, on 1 de março de 2011 at 3:55

    >Absurdo isso!Parabéns irmão Julio Severo!Eu sou católico e apóio, respeito e admiro seu trabalho.

  10. Anonymous said, on 1 de março de 2011 at 12:06

    >Eu tambem gostaria de manifestar a minha indignação, através deste espaço.E no que depender de mim, rogo a Deus que me ajude a não ceder um milímetro sequer, pois não tenho nenhum problema em ser rotulado de "religioso fundamentalista", "homofóbico", "fanático", "preconceituoso".Não quero me importar com as injustiças dos homens, contanto que conclua a carreira que a nós foi proposta pelo nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, glória pois a Ele hoje e eternamente amém!!!Julio, receba o meu abraço, mesmo a distância, que o Senhor te abençoe e te guarde, o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre tí, e tenha misericórdia de tí, o Senhor sobre tí levante o Seu rosto, e te dê a paz.Em Cristo,Ricardino Lacerda.

  11. Anonymous said, on 1 de março de 2011 at 15:40

    >o estadão não tem coragem de falar dos muçulmanos são uns covardes, mas criticar os crentes não poupam palavras, e depois ligam para as nossas casas querendo que a gente assine este lixo de jornal.

  12. Alle Zahlen said, on 1 de março de 2011 at 16:16

    >Realmente, vcs cristãos são uns frouxos mesmo. Querem mudar essa situação???Então mostrem ao mundo a que vcs vieram. Vão as ruas, protestem, gritem…mas não…vcs ficam aí sentados com a bunda na cadeira escrevendo comentariozinhos em blogs. Ha Ha, não conseguirão nada assim. Vcs são muito passivos.Como vcs adoram falar em muçulmanos, então por que vcs são seguem o exemplo deles e vão as ruas exigir o que vcs tanto querem? Orar não adianta nada, nunca adiantou. Mexam-se!

  13. Julio Severo said, on 1 de março de 2011 at 16:36

    >Prezado AlleOrar adiante aim. Eu passei anos orando, e orando muitas horas. Tudo o que tenho, sou e escrevo é fruto do que Deus fez por causa dessas muitas orações. E ele ainda fará muito mais, não só por mi, mas também por todos os que oram.Primeiro, Deus nos chama para a oração. Depois, para a ação.

  14. Alle Zahlen said, on 1 de março de 2011 at 16:46

    >Oi, Julio.Tá ok! Mas pensa o seguinte: Enquanto vcs estão aí clamando a deus por mudanças, nós gays estamos agindo. Quem de nós vencerá no final? Brevemente saberemos.

  15. Anonymous said, on 5 de março de 2011 at 13:35

    >Júlio, por mais que me doa, tenho que concordar com parte do comentário do Alle Zahlen… A passividade e falta de união Cristã é o que dá força para pervertidos fazerem o que querem… É claro que devemos principalmente orar, mas deveríamos também nos manifestar de forma mais severa do que simplesmente comentar em blogs… Vou dar um exemplo que aconteceu comigo… Moro em uma casa de esquina e toda a vizinhança tem a mania de jogar seus lixos difíceis de se livrar (como pedaços de móveis velhos, por exemplo) na esquina da minha casa… Eu sempre falava e me irritava, o que não adiantava nada… Um dia cheguei em casa e encontrei na minha esquina um carrinho de mercado cheio de lixo… Na hora me enfureci, peguei o carrinho, o levantei sobre a minha cabeça e o joguei longe…O lixo foi esparramado por boa parte da rua, e com a ação de crianças e animais, pela rua inteira… Eu sabia que iria ter que catar aquele lixo quando me acalmasse, mas na hora quis demonstrar indignação… Depois disso tomei um banho e fui para a faculdade… Quando voltei, o vizinho que havia deixado o carrinho lá tinha limpado tudo e até agora, ninguém mais deixou nada na minha esquina…Enquanto os cristãos continuarem agindo como naquela música do Skank (Nossa indignação é como uma mosca sem asas… Não sai da porta de nossas casa)… Gays, pedófilos e outros doentes vão continuar abusando de tudo…SaudaçõesSandro

  16. lidyzes said, on 24 de março de 2011 at 14:04

    >Devemos sim orar.Mas também agir, sem nos esquecer de que, a justiça vem de Deus.Afinal, o nosso advogado e Juiz é Ele.E quando queremos agir, principalmente fazendo "justiça" com as próprias mãos, passando por cima da autoridade e justiça dEle, a gente impede a ação dEle.Mas nunca devemos nos esquecer, que a vitória já é nossa. É isso que fala a bíblia, esse livro tão polêmico que está sendo impedido de chegar às mãos de "nossos" filhos.Essa história aliás já é repetida não? Ai ai… será que estamos às voltas de uma nova reforma protestante? Acho que não… não vai dar tempo. Querem ver? Então esperem! Verão!Mas… se preparem, pois a surpresa para muitos não será boa.Vitórias na terra, no mundo, são muito fáceis de adquirir. Batalhas apenas. Prefiro vencer a "guerra final". E essa meus queridos. Já está garantida. É NOSSA!Na certeza de que um dia nos veremos no céu, e esse dia está chegando,Lídia Pereira Nascimento,Cristã/protestante/reformada.;)

  17. Anonymous said, on 16 de março de 2012 at 17:52

    Apenas complementando os dizeres do cartaz utilizado:"Ninguém nasce homofóbico"……E nem homossexual.Ricardino Lacerda.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 4.799 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: